Visita de estudo ao Templo Hindu, Mesquita Central e Sinagoga de Lisboa

No passado dia 23 de fevereiro, sessenta e quatro alunos do 9.º ano, acompanhados pelas professoras de EMRC, História e Geografia, realizaram uma visita de estudo a Lisboa, mais precisamente a diversos locais de culto de diferentes religiões.

Ainda não tinha nascido o sol e alunos e professoras já rumavam à capital. Após uma pequena paragem para a primeira refeição da manhã, chegaram ao primeiro local de paragem: o templo hindu Radha Krishna. Neste local, os hindus adoram vários deuses, nomeadamente o deus Shiva, deus da destruição. Antes de entrar no templo, todos tiveram que se descalçar e já no seu interior sentar-se como lhes foi solicitado.

Após uma apresentação da religião hinduísta, com destaque para alguns pormenores, nomeadamente o facto de os hinduístas serem vegetarianos e acreditarem no Karma, os alunos puderam visitar os jardins e ver a estátua de Gandhi.

Em seguida, deslocaram-se para a Mesquita Central de Lisboa, onde foram recebidos pelo sheik David Munir, o qual fez uma breve apresentação da religião islâmica, destacando os seus cinco pilares fundamentais, e encaminhou todos para o interior da própria mesquita para uma breve explicação do seu interior.

O próximo passo foi rumar para a Sinagoga Shaaré Tikva (Portões da Esperança, em hebraico), a principal sinagoga da Comunidade Israelita de Lisboa. Foram calorosamente recebidos pela D. Ana que começou por indicar que os rapazes teriam que cobrir a cabeça como sinal de respeito ao local onde se encontravam. Informou que a Comunidade Israelita tem à volta de 1000 membros em Portugal, explicou um pouco da história do judaísmo português e também fez uma breve descrição da própria sinagoga, do ritual do casamento e do funeral, e ainda da alimentação judaica. A Dona Ana pronunciou-se também sobre o holocausto e as perseguições aos judeus na segunda guerra Mundial.

Na viagem de regresso, os alunos relatavam que tinham aprendido mais sobre cada uma das religiões, dos seus costumes, da sua cultura e das suas crenças. E também que verificaram que existem pontos em comum entre elas, mas com algumas diferenças significativas. Algo que marcou esta visita de estudo foi a confirmação de que é necessário respeitar todos sem olhar à religião que cada um pratica, pois mesmo com diferentes crenças somos todos seres humanos que não devem ser discriminados pelas suas escolhas.

No final, os alunos consideraram a visita de estudo muito positiva.

Profª. Margarida Salazar

Carlos Gomes de Sá

Author Carlos Gomes de Sá

More posts by Carlos Gomes de Sá

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Help-Desk