Praças, Ruas e espaços da escola

A nossa escola…tão bonita que está!

Foi este o sentimento quando, no início do ano letivo, entramos naqueles novos portões e descobríamos uma “nova”, ou seja, a mesma escola, mas que parece ter saído de uma operação de lifting que correu bem!

É nossa, lutamos para isso e aqui está ela! É a nossa casa…é o nosso sítio. E o nosso sítio tem espaços, uns mais recatados do que outros, com banquinhos para nos sentarmos a conversar, para vermos a malta passar nos intervalos, a ouvir a rádio, a dançar os tik toks… Também podemos usufruir dos fantásticos jardins e sentarmo-nos a ler um livro ou fazer o trabalho que a professora de EV pediu! É muito melhor fazer trabalhos ao ar livre, na relva.

Afinal, a nossa escola tem praças, tem ruas…tem jardins e tem casas, que são as nossas salas de aula.

A atividade foi pensada para os alunos do 9º ano que iriam usufruir pouco deste novo espaço, que fez parte da vida deles durante 5 anos, mas poderiam deixar a sua marca. E deixaram, certamente! A cada espaço, atribuíram nomes de individualidades ligadas à literatura, artes, ciência, humanidades, comunicação e desporto. Agora, cada espaço tem o seu nome, o nome deixado por eles. E todos os professores ajudaram, fantástico!

Mas não ficaram por aí: fizeram uma festa! Inauguraram os nossos sítios, os sítios nomeados por eles e, apesar do Plano de Contingência, provaram que, mesmo seguindo regras, podemos fazer coisas tão bonitas e criativas! E vieram mais ajudas: as professoras Isabel Costa, Marta Antunes e Maria José Crasto surpreenderam-nos ao ensaiar os alunos para ora dramatizarem ora declamarem, naquela escadaria do pavilhão A, em várias línguas, numa mistura tão refrescante; a professora Cármen Augusto, do Clube de Artes, “ressuscitou” pintores num realismo impressionante; a Drª Andreia Teixeira, com a sua natural capacidade de nos fazer rir com o teatro; a professora Fátima Cunha fez coisas tão bonitas no Clube de Comunicação; os espetaculares robôs das professoras de Matemática, Paula Santos, Fátima Morais e Susana Carreira; as experiências extraordinárias da professora Graça Pinheiro e a fantástica feira do livro da professora Marta Antunes, onde os próprios alunos ficaram responsáveis pela venda.

E no final? A eletrizante professora Isabel Campos fez-nos um flash mob e era ver todos a dançar como se não houvesse amanhã (sempre dentro das regras, claro!).

Foi um dia feliz! Estiveram e estão todos de parabéns!

Teresa Teixeira (professora de Geografia) e Olga Carvalho (professora de História e Cidadania e Desenvolvimento)

 

Carlos Gomes de Sá

Author Carlos Gomes de Sá

More posts by Carlos Gomes de Sá

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Help-Desk