Category

Sem categoria

Dúvidas _A_Parte! – emissão “Dia dos Namorados, SIM!#Violência no Namoro, Não!”

By | Comunicação, Destaques, Sem categoria | No Comments

Emissão especial do Clube de Comunicação (Rádio Farol) para ouvires este fim de semana, em que assinalamos o Dia da Rádio e o Dia dos Namorados, numa produção dos alunos do 8ºA.

 

Neste fim de semana em que assinalamos o Dia da Rádio e o Dia dos Namorados, apresentamos uma emissão especial da nossa “Rádio Farol”, projeto integrado no Clube de Comunicação.

É um primeiro passo numa série de iniciativas preparadas pelos alunos, neste cenário atípico em que a comunicação é mais feita através do online do que do presencial. Inicia-se, assim, um ciclo de conferências/ sessões, com programas de periodicidade variável (semanais ou mensais) sobre temáticas diferentes, estando já em preparação uma segunda emissão.

Este primeiro programa, especial por isso mesmo, chama-se Dúvidas_A_Parte! (jogando-se aqui com a letra A, que remete para o início, mas também para a designação da turma de dá corpo a este projeto, o 8ºA ). A primeira temática abordada, neste primeiro programa, é “Dia dos Namorados, SIM!#Violência no Namoro, Não!”

Esta ideia surgiu do contexto da direção de turma e do Clube de Comunicação, tendo como  mentoras as professoras Graça Pinheiro, diretora de turma do 8º A, e Fátima Cunha, coordenadora do Clube de Comunicação. No seu seio nasceu a ideia de fazer um trabalho para integrar a comemoração do Dia mundial da Rádio (13 fevereiro).

Com este objetivo, começaram a trabalhar na última semana do lockdown, e a suspensão das atividades não os fez desistir!

De uma forma específica, poderemos dizer que os  alunos não se ficaram por um mero trabalho para apresentar numa disciplina, pois dinamizaram um projeto alargado  e envolvente, podendo detalhar as seguintes etapas: escolha de um tema; construção de um guião/roteiro; assunção de novos desafios: entrevistar convidados em modo remoto/virtual e interativo; seguiu-se uma fase de realização de cartazes e construção de guiões com todas as entrevistas, até ao mais pequeno detalhe.

Neste processo, os alunos utilizaram ferramentas digitais (edição de vídeo, áudio e Teams), tendo produzido pensamentos/opiniões sobre o assunto.

No final, destacamos o envolvimento dos colegas, pais/EE e avós, o que permitiu a  para a comparação entre gerações, sendo que também a APAV  (Associação Portuguesa de Apoio à Vítima) aceitou responder às perguntas dos alunos dinamizadores do projeto, através de uma entrevista. Foi muito importante este momento, tendo os alunos ficado muito contentes, pois foi destacado, pela APAV, a satisfação pelos alunos, desta faixa etária, e a escola estarem atentos a estas questões.

Deixamos o resultado deste primeiro trabalho, que sendo o primeiro enfermará de todas as vicissitudes de quem está a começar, mas como diz Miguel Torga, “Em qualquer aventura,/O que importa é partir, não é chegar.!

Pode escutar a emissão em www.escolasnasondas.com, selecionando a emissão desta escola, uma vez que o Agrupamento também se associou ao projeto Ponte…nas Ondas, nesta situação específica, faz parte do projeto “Escolas… nas Ondas”.

www.escolasnasondas.com.

Alunos de 8º ano com manuais digitais

By | Destaques, Direção, Sem categoria | No Comments

O Agrupamento de Escolas de Aver-o-Mar, Póvoa de Varzim,  está envolvido num projeto-piloto, disponibilizando a todos os alunos do 8º ano manuais em formato digital.

Partilhamos a informação remetida aos encarregados de educação e alunos implicados neste projeto, destacando-se da informação do Sr Secretário de Estado da Educação os objetivos primordiais da ação:

  • Desenvolver as competências digitais dos alunos;
  • Desenvolver literacias múltiplas, através da capacidade de comunicação em diferentes modalidades, do desenvolvimento de pensamento computacional e do sentido crítico.
  • Promover a exploração de recursos educativos múltiplos, que permitem explorar diferentes interesses e adequar os recursos a necessidades específicas.
  •  Responder a questões de âmbito geral, como a resposta efetiva à sustentabilidade ambiental e aos problemas de excesso de peso nas mochilas.

 

“Exmo Sr Encarregado de educação de aluno do 8º ano, do Agrupamento de Escolas de Aver-o-Mar,

Fazendo votos para que tudo esteja bem com vocês e os vossos educandos, venho comunicar-lhe, na qualidade de encarregado de educação de alunos de 8º ano (2020/21) deste Agrupamento  que não haverá lugar à emissão dos vales em formato de papel, porquanto os alunos receberão os manuais em formato digital, fruto do projeto em que o Agrupamento está envolvido e que ditará o uso das novas tecnologias digitais em sala de aula e em casa, no fundo, aproveitando o melhor do E@D para o plano presencial, a vigorar em setembro próximo.
Por uma questão de simplificação de informação, transcrevemos a informação que partilhamos com todos os alunos do Agrupamento, através do Teams, bem como a comunicação do Sr. Secretário de Estado da educação, Dr João Costa, dirigida aos encarregados de educação dos alunos implicados neste processo.
Manuais escolares digitais no 8º ano
Manuais escolares digitais: Agrupamento abraça projeto-piloto

A emissão de vales para a recolha de manuais escolares obedecia ao seguinte calendário: a partir do dia 3 de agosto, para os alunos dos anos de escolaridade de continuidade:

1º Ciclo: 2º, 3º e 4º anos;​

2º Ciclo: 6º ano;

3º Ciclo: 8º e 9º anos;

Secundário: 11º e 12º anos;

A partir do dia 13 de agosto, para os alunos dos anos de escolaridade de início de ciclo:

1º Ciclo: 1º ano;

2º Ciclo: 5º ano;

3º Ciclo: 7º ano;

Secundário: 10º ano

Contudo, foram sendo relatadas situações em que o Agrupamento não aparecia na plataforma, na primeira data indicada, situação que resultou da inibição total das emissões relativas ao Agrupamento de  Aver-o-Mar. Tal aconteceu, de facto,  enquanto se agilizavam os procedimentos relativos a um projeto-piloto, de âmbito nacional, em que estamos envolvidos e passamos a detalhar.

A situação da emissão dos vales para manuais escolares será, entretanto, retomada, com exceção do 8º ano, uma vez que estes alunos passarão a dispor de manuais escolares digitais!

Acreditamos que esta é uma agradável notícia, daquelas que até gostamos de receber em férias! Acreditamos, ainda, que é o reconhecimento do caminho de sucesso que vimos fazendo e da capacidade que temos tido, em conjunto, para ultrapassar desafios, bem como o reconhecimento da responsabilidade que colocamos nas nossas ações! 

Pessoalmente, enquanto diretor deste Agrupamento, vejo o convite que nos foi endereçado pelo Sr Secretário de Estado da Educação, Dr João Costa, como um motivo de orgulho para esta comunidade, como mais um fator de satisfação, sendo certo que não deixará de ser um novo desafio, é verdade! Mas, como sabem, uma vez que também “sois marinheiros nestas viagens”, neste Agrupamento nunca paramos de navegar, nunca baixamos as velas e, sabendo para onde queremos ir, todos os ventos são favoráveis!

Estamos todos, estou certo, de parabéns, na certeza de que este novo desafio, tal como os anteriores, também será vencido e com muito brio! 

Em termos concretos, fomos convidados pelo Sr Secretário de Estado da Educação para fazer parte de um grupo piloto de escolas, no país (12), que iniciará a o processo da desmaterialização dos manuais escolares, que se pretende, a partir daqui universal.

Assim, e considerando a renovação de instalações em curso, que ditarão, já em setembro, uma escola renovada , atrativa e funcional, a existência de material e equipamento moderno e desafiante, a par da participação em projetos pioneiros como o MAIA (a única escola do concelho, num leque de 20 no país, que iniciou este projeto de revisão/ monitorização de práticas de avaliação) ou o FAMI (estamos a trabalhar na tradução dos documentos orientadores para inglês, francês e espanhol, a par da conversão, para as mesmas línguas, do programa Inovar Consulta, que terá projeção em todo o país [mais de 55% dos Agrupamentos nacionais usam este programa e poderão aceder ao trabalho que estamos a ultimar], alterações já disponíveis em setembro próximo [ficará a faltar somente a apresentação da APP para avaliação do nível de proficiência linguística dos alunos de PLNM – trabalho em desenvolvimento pelo Agrupamento, após cedência dos materiais-base pela Direção-Geral da Educação, e em articulação com esta], entendemos que deveríamos encetar todos os esforços para aderir ao projeto e continuar a colocar o Agrupamento e o concelho da Póvoa de Varzim na linha da frente da Educação. Assim o entendeu também a Câmara, que se tornou nossa parceira nesta “viagem”.

Tal qual Vasco da GAMA, estamos conscientes dos desafios que temos pela frente, mas a viagem não nos assusta, antes nos dá mais ânimo. A experiência colhida na fase de Ensino à Distância (E@D), assim se espera, vai permitir trazer o melhor desse processo para o ensino presencial, fazendo-se a seleção das melhores tecnologias e dos melhores conteúdos digitais para se trabalhar num ecossistema educativo assumidamente reestruturado, em que coexistirão, nesta fase, o analógico e o digital. 

Neste momento, e reunidas que estão as condições necessárias para a sua aplicação, comunicamos em 1ª mão, que esta iniciativa, já avançada, em termos genéricos, como hipótese (então em análise), na última reunião do Conselho Geral (24 de julho), será aplicada em todas as turmas do 8 ano, num universo de 130 alunos! Serão 21 os professores envolvidos.

O processo de desmaterialização dos manuais digitais assenta na atribuição de licenças digitais aos alunos/ professores, que disporão de um conjunto alargado de recursos educativos (manual, caderno de atividades, recursos específicos on-line, recursos do ano, plataformas digitais, entre outras ferramentas de trabalho), suportadas em equipamentos (computadores) que serão entregues aos alunos e professores, na lógica de utilização dos manuais escolares (empréstimo).  Nesta primeira fase, serão contemplados os alunos de ASE e docentes, assegurando-se também condições para que alunos sem escalão, e limitados em termos de equipamento informático, possam envolver-se no projeto, até à entrega dos computadores afetos à iniciativa do Ministério (Portugal Digital), numa segunda fase, que se estima para o início do 2º período.

Oportunamente serão dadas mais informações sobre este projeto-piloto, em aplicação em todas as turmas do 8º ano (entendíamos que só avançaríamos se reuníssemos condições para todos os alunos serem envolvidos, pois não assumiríamos a escolha de apenas uma turma/ segregação dos restantes alunos desse ano).

Os restantes anos, em termos de manuais, terão um processo agilizado em linha com os anos anteriores.

Estamos certos de que vamos contar com a colaboração, empenho e profissionalismo de todos vocês!

Agradecemos a vossa colaboração e empenho para a sucesso desta medida, renovando os votos de muita saúde e, se for caso, boas férias.

Nota:  comunicação do Sr SEE carta manuais digitaisEE

(Fonte da Imagem: https://www.google.com/imgres?imgurl=https%3A%2F%2Fwww.luxwoman.pt%2Fwp-content%2Fuploads%2F2020%2F03%2Fimg_1844.jpg&imgrefurl=https%3A%2F%2Fwww.luxwoman.pt%2Fporto-editora-da-acesso-gratuito-a-escola-virtual%2F&tbnid=X4GpWRGP9bMT5M&vet=10CEUQMyiFAWoXChMIwJuuv_yI6wIVAAAAAB0AAAAAEAM..i&docid=-xarE1ZfctR1jM&w=828&h=692&q=manuais%20escolares%20digitais&ved=0CEUQMyiFAWoXChMIwJuuv_yI6wIVAAAAAB0AAAAAEAM)

PREVPAP – preenchimento de quatro postos de trabalho para assistentes operacionais

By | Concursos RH, Destaques, Sem categoria | 2 Comments

Abertura de procedimento concursal comum, com carácter de urgência, para o preenchimento de quatro postos de trabalho no Agrupamento de Escolas de Aver-o-Mar, Póvoa de Varzim na modalidade de relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado, restrito a candidatos abrangidos pelo programa de regularização extraordinária de vínculos precários (PREVPAP)

  1. Nos termos do disposto nos artigos 9.º e 10.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro, torna-se público que por despacho do Diretor do Agrupamento de Escolas de Aver-o-Mar, Póvoa de Varzim, de 27/07/2020, no uso das competências que lhe foram delegadas pelo Despacho n.º 2104/2019 da Diretora-Geral da Administração Escolar, proferido em 25 de fevereiro de 2019, publicado em 1 de março de 2019 no Diário da República, 2.ª série, n.º 43, se encontra aberto, pelo prazo de 10 dias úteis a contar da publicação do presente aviso, na Bolsa de Emprego Público (BEP), procedimento concursal comum para a constituição de relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado para o preenchimento de quatro postos de trabalho do Agrupamento de Escolas de Aver-o-Mar, Póvoa de Varzim, na categoria de assistente operacional, da carreira de assistente operacional.
  2. Legislação aplicável: Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro (PREVPAP); Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas (LTFP), aprovada pela Lei n.º 35/2014, de 20 de junho; Portaria n.º 125-A/2019, de 30 de abril e Código do Procedimento Administrativo.
  3. Local de Trabalho: Agrupamento de Escolas de Aver-o-Mar, Póvoa de Varzim, sita na Rua José Moreira Amorim, 956, 4490 -099, Aver-o-Mar.

Ver Aviso de Abertura: Assistentes Operacionais – PREVPAP (2 métodos de seleção)

Data prevista para as entrevistas: 12 de agosto (horário a divulgar opoprtunamente)

DEVOLUÇÃO DE MANUAIS SUSPENSA (atualização) – publicação de registos de avaliação

By | Destaques, Direção, Sem categoria | No Comments

Informação atualizada em 05.07

Informa-se que, com a aprovação do Orçamento de Estado Suplementar, na passada 6ª feira, fica suspensa a recolha de manuais escolares que estava em curso, daqui resultando a anulação de todos os processos associados (recolha e verificação).

Os manuais já recolhidos, encontrando-se  organizados por turma/ aluno, serão devolvidos aos alunos até ao início das atividades letivas do próximo ano escolar (entre 14 e 17 de setembro). Para tal, deverão dirigir-se à escola, observando as orientações da DGS, informando o PBX  do nome, ano e turma, para que o material lhe seja devolvido (esta recolha poderá ser feita pelos alunos, se entendido pelo EE).

Caso as famílias que já entregaram os manuais assim o entendam, estes podem ficar à guarda do AE/ENA até ao inicio do ano letivo, para depois serem utilizados, pelos seus educandos, nas semanas de recuperação. Para tal, deverá ser informado o DT ou a escola desta situação (usar telefone ou Teams).

Alerta-se para a suspensão do processo, não para a sua anulação, pelo que se mantém a recomendação de cuidado uso dos manuais, para reutilização após o período extraordinário de recuperação previsto para o início do ano escolar 2020/21.

Informação atualizada em 30.06.2020, às 23.33h

De acordo com informação do Sr Delegado Regional, o processo de devolução de manuais será retomado até à votação final do orçamento suplementar para 2020, pelo que se mantêm os procedimentos inicialmente definidos. Nesse sentido, as devoluções que estavam previstas para amanhã, dia 1 de julho, são adiadas para 10 e 13, conforme quadro infra.

“Informo V. Ex.ªs que até resultado da votação final do orçamento suplementar para 2020, mantêm-se as orientações já veiculadas no âmbito do Circuito da Reutilização/Devolução dos Manuais Escolares, em cumprimento do preceituado no Despacho 6352/2020, de 16 de junho.

Delegado Regional”

Outros dados:

 devolução de equipamentos informáticos/ hotspot de internet: aquando da entrega dos manuais

esvaziar cacifos: até 15.07 (depois desta data serão estroncados e não se garante guarda do conteúdo; marcar previamente com a escola)

recolha de outros materiais na portaria: ainda existem capas de EV, testes, manuais…

APP Inovar Aluno atualizada: TAREFAS

By | Destaques, Direção, Sem categoria | No Comments
APP Inovar Aluno com menu de TAREFAS
Está disponível uma nova funcionalidade na APP Inovar Aluno, passando a ser possível aceder às tarefas, em linha com o que já acontecia no Inovar Consulta. No Inovar Consulta (acesso pelo computador) todo o processo de mantém igual.
Para quem utiliza esta aplicação de telemóvel, deverá ir à PlayStore/APPStore (Android ou IOS) e atualizar a mesma, passando automaticamente a aceder ao menu Tarefas. Surgirão listadas todas as disciplinas, com o nº à frente, correspondente ao nº de tarefas. Clicando-se na disciplina terá acesso à tarefas e depois a cada uma delas, com a indicação da data de envio (criação) e prazo para a sua conclusão. A tarefa estará disponível através de um link, por exemplo, havendo um botão para sinalizar a tomada de conhecimento da mesma, conforme imagem infra.
Sempre que forem marcadas tarefas, também será visível um alerta na aplicação (opcional, aquando da marcação pelo professor).
Novo menu
Pode ver como instalar  APP INovar Aluno em:

Provas finais – inscrições

By | Sem categoria | No Comments
Os prazos para inscrição nas provas finais e provas de equivalência à frequência dos 1º, 2º e 3º ciclos para os alunos autopropostos que NÃO frequentam qualquer estabelecimento de ensino decorrem de 16 de março até 3 de abril.
Os interessados deverão contactar telefonicamente a escola.
NOTA: Os alunos de 9º ano encontram-se, automaticamente, inscritos nas provas finais de ciclo, não sendo necessário qualquer procedimento.

Querido, mudei a escola!!!

By | Destaques, Direção, Sem categoria | No Comments

Concluída a primeira fase da requalificação da EB de Aver-o-Mar, vão começar a utilizar-se espaços até aqui sujeitos a recuperação, a par da limitação, por entrada em obra, de outras áreas, pelo que importará considerar o seguinte:

– As aulas que até aqui decorriam no bloco B transitam para o espaço dos monoblocos (contentores) junto ao bloco C, mantendo-se a anterior designação de salas do bloco B; O acesso ao espaço mantém-se, havendo que circundar o bloco B, entretanto já em remodelação.

– As aulas que até aqui decorriam nas salas provisórias (monoblocos) assinaladas como bloco D, transitam para o espaço entretanto requalificado, mantendo-se as anteriores designações (D.1 » salas do rés-do-chão; D.2 » salas no piso superior). O acesso ao espaço bloco D faz-se pela porta principal, em frente ao bloco C, havendo que circundar este e o bloco B para aceder ao mesmo.

– As aulas de educação física passam a decorrer exclusivamente no pavilhão desportivo, devendo os alunos dirigir-se para esse espaço, também requalificado, onde receberão orientações específicas dos professores. O acesso ao pavilhão desportivo faz-se contornando os blocos B e C e acedendo pela área já remodelada.

– O acesso aos Clubes encontra-se suspenso, podendo os alunos obter apoio no espaço da biblioteca, onde os professores cumprirão o horário usual.

– O campo de jogos exterior encontra-se interdito, pois já começou a sua recuperação.

– O acesso à estufa (CEF) faz-se sob supervisão do professor, pela zona de obra no campo de jogos, pelo que todas as entradas e saídas terão que ser acompanhadas por este. O ponto de encontro para acesso ao espaço passa a ser a sala designada de “Clube”, na zona dos monoblocos, havendo uma entrada única, ou seja, alunos que não estejam na hora indicada nesse espaço não poderão aceder ao espaço de trabalho prático.

 

Devido às condicionantes entretanto ocorridas e por questões de segurança (limitação do espaço em redor do bloco B; redução da área disponível entre bloco B e C; impossibilidade de acesso ao campo de jogos e área dos clubes; condicionamento em redor do bloco D e pavilhão desportivo; existência de áreas com vedação/ acesso condicionado)não é permitido o uso de bolas no espaço escolar. Também brincadeiras/ atividades que condicionem a circulação de pessoas, perturbem os espaços de aula ou que não sejam adequadas ao espaço escolar são proibidas, podendo ser objeto de ação disciplinar.

Contamos com a colaboração de todos para que a nova fase de obras decorra com normalidade e segurança, agradecendo-se a disponibilidade e compreensão manifestadas no processo já desenvolvido. Recorda-se a necessidade de respeito das orientações de professores e funcionários, bem como da sinalética existente, recordando-se abaixo o que está vertido no Regulamento Interno e Código de Conduta.

Agradecemos, nesta fase de transição entre blocos, a colaboração de alunos, professores e funcionários, sem os quais não teria sido possível, em tempo recorde, realizar a mudança de blocos operada. A todos muito obrigado, com renovado pedido, pois somos agora chamados a assumir responsabilidades na preservação do já realizado.  Importa ter consciência da intervenção feita, dos valores envolvidos, respeitando os materiais e equipamentos que nos são disponibilizados.

Por exemplo, o bloco D, como modelo para os restantes, já se encontra remodelado em termos de instalações sanitárias (equipamentos totalmente automatizados), salas de aula (ventilação/ aquecimento; quadros brancos em porcelana; telas elétricas; revisão dos projetores e rede informática), arrecadações, espaços de circulação…

Será importante utilizar os equipamentos de forma responsável, seguir orientações dos professores e funcionários (por exemplo, não mexer nos estores ou janelas sem a sua autorização; não mexer nos equipamentos de aquecimento; não danificar as estruturas de proteção das tubagens; não pendurar materiais impróprios nos cabides; não danificar as áreas de afixação colocadas em todas as salas; não mexer na sinalética à entrada das salas; entrar nos blocos sem correrias nem atropelos; não gritar; respeitar áreas de circulação [por exemplo, nas entradas e nas escadas entrar/subir pela direita e sair/ descer pela esquerda]; …).

Muito haveria a dizer, mas acreditamos que as regras são conhecidas e todos seremos responsáveis pela preservação e cuidado dos espaços, o que passa, também, pela participação de situação anómalas ocorridas, para que sejam corrigidas e os infratores, quando negligentes ou irresponsáveis, chamados a custear as reparações e ser alvo das sanções disciplinares ajustadas.

Contamos com todos para continuarmos a construir uma escola melhor, ou, como refere o Projeto Educativo, “Agir no Presente, Construir o Futuro!”

Notas:

  1. As intervenções no Bloco D e Pavilhão não estão totalmente concluídas, processo que será desenvolvido ao longo dos próximos dias; o pavimento de ligação entre bloco C e D será apenas concluído na última fase de obra (pausa de verão).
  1. No próximo dia 2 de março, de manhã, teremos a visita à escola do Sr Presidente da Câmara, eng. Aires Pereira, em cerimónia aberta à comunidade, no que será uma entrega formal e simbólica das instalações já requalificadas à escola. Agradecemos a vossa presença e, quando em aulas, colaboração e compreensão pela visita que será realizada (com ida às salas de aula).
  1. As regras de utilização do pavilhão serão transmitidas pelos professores de educação física, devendo os alunos trazer um calçado distinto para utilização no pavilhão.

 

Excerto dos Código de Conduta:

(…)

2.Deveres gerais da comunidade educativa 

Todos os membros da comunidade escolar devem:

  • Agir de acordo com o Código de Conduta em todas as atividades escolares, dentro e fora do recinto escolar;
  • Promover comportamentos adequados no sentido de assegurar o desenvolvimento de uma cidadania participativa e responsável;
  • Respeitar e valorizar a diversidade de todos os membros independentemente da sua etnia, cultura, religião, sexo e idade;
  • Respeitar as ordens e orientações dos órgãos de gestão, dos professores, dos assistentes técnicos e operacionais e demais agentes educativos da escola no exercício das suas funções;
  • Utilizar uma linguagem verbal e não-verbal adequada;
  • Utilizar vestuário adequado ao contexto escolar;
  • Manter o espaço escolar limpo; 
  • Ser assíduos e pontuais;
  • Não utilizar telemóveis ou qualquer tipo de equipamento eletrónico de comunicação ou diversão na sala de aula;
  • Não mascar gomas elásticas/chiclete no interior das instalações da escola;
  • Não demonstrar afetos de forma inadequada, dentro do recinto escolar;
  • Não fumar, não ingerir bebidas alcoólicas, não possuir, consumir ou vender drogas ou substâncias ilícitas dentro do recinto escolar e suas imediações;
  • Zelar pela boa conservação do material e equipamento da escola, dando-lhe o uso adequado; 
  • Comunicar ao professor/ Direção/ Diretor de Turma/ PBX qualquer questão suscetível de ser prejudicial para o bem-estar de todos. 

 

2.1 Deveres específicos dos alunos 

2.1.1 Na sala de aula 

  1. No início e no final de cada aula, o delegado de turma deverá cooperar com o professor na verificação do estado da sala e do seu equipamento (limpeza, material danificado ou desaparecido, etc.). 
  2. Salvo por autorização do professor, é totalmente interdito qualquer tipo de utilização dos telemóveis ou outros equipamentos multimédia durante as aulas. Estes deverão estar desligados e dentro das mochilas ou malas.

Os alunos:

  1. Só podem levantar-se com autorização do professor
  2. Não podem mascar pastilha elástica.
  3. Devem usar vestuário adequado à dignidade do espaço e das atividades implícitas (proibido o uso de chinelos e calções de praia/ desporto).
  4. Não podem comer e/ou beber sem autorização do professor.
  5. Devem respeitar as regras de comunicação, designadamente: pedir licença para falar; ouvir com atenção a opinião dos outros e respeitá-la; falar com educação; evitar comentários despropositados e ofensivos).
  6. Têm de fazer os trabalhos pedidos pelo professor e participar ativamente nas tarefas propostas.
  7. Têm de deixar a sala de aula limpa e arrumada.
  8. Não podem manusear os equipamentos da sala (ex.: audiovisuais, estores e outros) sem autorização do professor. 
  9. Trazer sempre para as disciplinas todo o material escolar necessário para o bom funcionamento das mesmas, bem como serem responsáveis com a sua preservação.
  10. Os alunos devem entrar na sala de aula de forma organizada e ordeira, sentando-se no seu lugar em silêncio. 

 

2.1.2 Nos blocos de salas de aula/corredores/escadas 

Os alunos devem:

  1. Circular de forma ordeira; 
  2. Não correr, não escorregar pelo corrimão nem empurrar ninguém; 
  3. Não permanecer nos corredores e escadas;
  4. Não permanecer nos átrios dos blocos de salas de aula, exceto em dias de chuva. No bufete/cantina, devem: 

5.Não deixar o seu material (mochilas, casacos …) nas áreas de passagem.

 

2.1.4 Recreios 

  1. Manter o recinto escolar sempre limpo, deitando os papéis e objetos inúteis nos recipientes apropriados;
  2. Não trazer objetos valiosos para a escola;
  3. Não captar sons ou imagens, sem autorização prévia dos professores;
  4. Responsabilizar-se pelas peças de vestuário;
  5. Respeitar as orientações dadas por todo o pessoal docente e não docente;
  6. Respeitar os colegas chamando-os pelo nome próprio;
  7. Não ter atitudes agressivas (físicas ou verbais);
  8. Não permanecer no interior do edifício escolar durante os intervalos, exceto se acompanhado pelo professor ou auxiliar ou ainda em condições atmosféricas adversas;

9.Respeitar ordeiramente as filas sempre que as mesmas sejam necessárias.

 

Obrigado pela colaboração!

O Diretor

Carlos Gomes de Sá

 

BTT: Circuito Regional- Aver-o-Mar campeão Regional em iniciados masculinos

By | Desporto Escolar, Destaques, Sem categoria | No Comments

Teve lugar no dia 08 de Fevereiro de 2020, na Pista anexa à Escola Básica e Secundária À Beira Douro (Gondomar), a 2ª prova do Circuito Regional na modalidade de BTT-XCO, do Desporto Escolar e CAMPEONATO REGIONAL da modalidade.  Estiveram presentes 450 alunos em representação de 28 Equipas .

A Escola E.B. Aver-o-Mar fez-se representar com 12 alunos participantes e um aluno comissário.

A prova revelou-se bastante difícil no seu traçado, muito técnica, com subidas e descidas com algum grau de dificuldade.

De salientar a prestação da equipa Iniciados Masculinos, constituída por Luís Sousa, Carlos Palmeira Diogo Pinto e Luís Lopes, que se sagraram Campeões regionais por equipas, sendo que, individualmente, o aluno Luís Sousa se sagrou vice-campeão regional tendo subido ao pódio.

De enaltecer o esforço de todos os alunos que realizaram provas com muita qualidade e classificações bastante honrosas. Mais uma vez um agradecimento especial aos pais /encarregados de educação que acompanharam os alunos durante toda a realização da prova.

Após o almoço servido na Escola, procedeu-se à cerimónia de entrega de prémios individuais a todos os atletas.

Quanto à classificação individual, foram estes os resultados:

. Guilherme Ramos- Não terminou a prova devido a problemas técnicos

. Martim Machado- brilhante 20º lugar na sua primeira participação

. Letícia Pires – 14ª classificada

. Gonçalo Pires- 23º classificado

. Ricardo Ramos- 43º classificado em 75 atletas participantes

. Rafael Viana- 68º classificado

. Roberto Leonor – 29º classificado

EQUIPA CAMPEÃ REGIONAL

. Luís Sousa- 2º classificado

. Carlos Palmeira- 5º classificado

. Diogo Pinto- 7º classificado

. Luís Lopes- 16º classificado

A 3ª prova deste circuito está agendada para o dia 14 de Março de 2020 em Vila Nova de Famalicão.

Professor: João Oura

Recomeçaram as obras de requalificação da EB de Aver-o-Mar

By | Destaques, Direção, Sem categoria | No Comments
As obras de requalificação e ampliação da EB de Aver-o-Mar reiniciaram-se, decorrendo neste momento a instalação de monoblocos (contentores), onde irão decorrer as aulas, já a partir de 13 de setembro, data prevista para o reinício das aulas nas escolas do Agrupamento.
Nesta fase de novos trabalhos, também o bloco D entrará em obras, a par do pavilhão desportivo e da construção do novo bloco, o que poderá levar a ganhos de tempo face ao período já decorrido desde a interrupção dos anteriores trabalhos.
No site da autarquia, responsável pela obra, poderá ler-se o seguinte:
“Os trabalhos de remodelação da Escola EB2/3 de Aver-o-Mar já foram retomados, desta feita pela empresa Construções Corte Reto, Lda.

No final da passada semana foram instalados os contentores onde vão decorrer as aulas até a obra ser finalizada (prazo de catorze meses).

A este propósito, recordamos as palavras do Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, aquando da apresentação do projeto de Remodelação e Ampliação da Escola: “Pois bem, chegou a altura de vos dar o estímulo que vocês merecem e, finalmente, dar condições a quem trabalha e a quem estuda”. O autarca explicou que os materiais escolhidos exigem pouquíssima manutenção e que são extremamente duráveis. Aires Pereira também alertou professores e funcionários para a possibilidade de haver “alguns alunos a chegarem sujos às aulas, uma vez que vai haver alguma simultaneidade entre a obra e a escola a funcionar”.

Assim sendo, apelamos, uma vez mais, à compreensão e colaboração de toda a comunidade escolar (alunos, professores, funcionários, encarregados de educação) para os condicionamentos que as obras poderão causar, focados na sua finalidade: o melhoramento das condições físicas e consequente melhoria da qualidade de vida da nossa comunidade escolar.

De modo a evitar as indesejáveis interferências entre a obra e o normal funcionamento da escola haverá a necessidade de, por parte dos alunos, serem também tomadas medidas cívicas adequadas.

https://www.cm-pvarzim.pt/noticias/arrancou-remodelacao-na-eb-2-3-de-aver-o-mar

 

 

Help-Desk