Category

Destaques

Ano letivo 2021/22 arranca a 17 de setembro: orientações

By | Destaques, Direção | No Comments

Embora ainda envolto em muitas dúvidas, sobretudo em termos de normas da DGS aplicáveis no início do próximo ano escolar, estão já definidas as condições de arranque do novo ano letivo, projetado tendo presente os atuais cenários  do plano de contingência para combate à COVID19 e as orientações vigentes da DGEstE e DGS.

Encontram-se já afixadas desde 30.06, nos locais de hábito, em todas escolas, as turmas para 2021/22, assentando, nos anos não iniciais, nos critérios de continuidade, princípio também existente ao nível do 5º ano, onde são, em essência, mantidas as turmas vinda do 4º ano. No 7º ano, para além desse princípio, as turmas obedecem à opção feita pelos alunos.

Uma vez que as escolas do 1º ciclo estarão encerradas até final de agosto,  a consulta pode ser feita na escola-sede, entre as 8.00h e as 18.00h, funcionando os serviços administrativos das 9.00h às 16.00h, de forma ininterrupta.

Neste Agrupamento, as atividades escolares vão iniciar-se a 17 de setembro, 6ª feira, com as receções dos alunos nas distintas escolas, nos termos definidos no Despacho 6726-AS/2021, de 8 de julho (calendário escolar).

No caso de crianças que, no presenta no letivo, já usufruíram das Atividades da Componente Animação e Apoio à Família, a sua entrada no Jardim de Infância poderá acontecer logo em 1 de setembro, nos termos avançados pela autarquia, no último Conselho Geral, iniciando-se o Pré-escolar, de forma regular, também a 17 de setembro, com horário regular entre as 9.00h e as 15.30h.

Relativamente ao 1º ciclo, e mantendo-se o mesmo horário do ano anterior em termos de estabelecimento de ensino (9.00h/17.30h), há uma alteração em termos de Atividades de Enriquecimento Curricular, as quais passam a funcionar, diariamente, entre as 16.30h e as 17.30h. Assim, quem não tiver AEC´s termina as aulas diariamente pelas 15.45h.

No caso do 2º e 3º ciclos, as dinâmicas de funcionamento serão semelhantes ao último ano, com funcionamento por turnos, criação de circuitos específicos e atribuição de salas fixas às turmas, tendo-se procedido, em função dos dados do ano letivo que agora finda, à inversão dos turnos, ou seja, o 2º ciclo terá diariamente aulas entre as 13.00h e as 18.20h, sendo a mancha horária do 3º ciclo das 8.10h às 13.30h. Os alunos do 3º ciclo com EMRC terão ainda aulas, num tempo da tarde.

Esta alteração, para além de procurar responder à necessidade de conciliar salas, uma vez que foram libertados, para uso regular, espaços este ano foram usados como sala de aula, como sejam a biblioteca, o auditório, a que se junta o laboratório e sala de TIC, resulta da avaliação dos resultados feita em termos de Conselho Pedagógico. Assim, dos 21 alunos retidos, no presente ano escolar, e não considerando os 5 que ingressaram tardiamente no sistema de ensino português, regista-se a necessidade de intervenção focalizada no 1º , 2º e 3º anos (5 e 4 alunos retidos, respetivamente no 2º e 3º anos) e no 7º e 8 anos (5 e 3 alunos retidos), o que motivou, no 1º ciclo, uma maior aposta em termos de apoio e coadjuvação e, no caso do 3º ciclo, para além, da coadjuvação, uma alteração da mancha horária vigente, passando os alunos a ter aulas no turno da manhã.

Antes do cenário de pandemia, com horários mistos, o princípio aplicável era de mancha predominante de manhã para 5º e 7º. com 6º e 8º de tarde e as turmas de 9º em função das vagas, mas a opção de distribuição por ciclos e  turnos foi avaliada muito positivamente este ano letivo, com reflexos em termos organizacionais (aqui se incluindo cantina e transportes escolares, por exemplo, bem como a entrada/ saída na escola/turnos), clima de escola, disciplinares, segurança e resultados.

No balanço apresentado em Conselho Geral, em 23 de julho último, onde estas medidas foram apresentadas e aprovadas, após semelhante tramitação em Conselho Pedagógico, foi feito um balanço muito positivo do ano letivo que agora finda, com uma taxa de sucesso global superior a 98%! Está por isso novamente de parabéns toda a comunidade, pois estes resultados são fruto de um trabalho sistemático de todos, alunos, professores, funcionários, pais e encarregados de educação, autarquia, a par de outros parceiros que se têm envolvidos nestas dinâmicas.

Partilham-se alguns desses registos, aproveitando para desejar a todos os elementos da comunidade escolar umas excelentes férias!

 

Por último, partilham-se alguns dados sobre a atribuição dos manuais escolares (MEGA), deixando-se a resposta para algumas perguntas frequentes, bem como acesso direto à lista de manuais adotados neste agrupamento (consulta pode ser feita nos separadores “Balcão Virtual” ou “Alunos”):  https://ebaveromar.com/alunos/

No ano letivo de 2021-2022, todos os alunos do ensino obrigatório (do 1.º ano ao 12.º ano) de escolas públicas e privadas com contratos de associação vão voltar receber manuais escolares gratuitos.

O que fazer para receber manuais escolares gratuitos?

A atribuição gratuita de manuais escolares é efetuada pela plataforma MEGA, através de um sistema de vouchers (vales). Cada voucher inclui um código único e tem indicado o manual correspondente.

Para aceder aos vouchers, o encarregado de educação deve registar-se na plataforma MEGA. Pode fazê-lo por duas vias: na app móvel Edu Rede Escolar ou em www.manuaisescolares.pt.

 Veja neste vídeo como fazer o registo na plataforma MEGA. O registo é gratuito.

Após o registo na plataforma MEGA, são emitidos vouchers associados ao Número de Identificação Fiscal (NIF) do encarregado de educação do aluno.

Se forem atribuídos vouchers para levantamento de manuais escolares gratuitos novos, devem ser apresentados numa das livrarias aderentes.

Se forem atribuídos vouchers para levantamento de manuais escolares gratuitos usados, têm de ser entregues na escola.

Quando é que são atribuídos os vouchers?

As datas de atribuição dos vouchers para levantamento dos manuais escolares gratuitos do ano letivo 2021-2022 são as seguintes:

A partir do dia 16 de agosto

Alunos dos 2.º, 3.º, 4.º, 6.º ano, 8.º, 9.º anos, 11.º e 12.º anos.

A partir do dia 23 de agosto

Alunos dos 1.º, 5.º, 7.º e 10.º anos.

Quando os vouchers estiverem disponíveis na plataforma, ou na app, o encarregado de educação é notificado por e-mail.

Em alternativa, o encarregado de educação pode verificar, na própria plataforma, na sua área pessoal, se os vouchers já foram emitidos. Basta clicar em Escolas com vouchers e selecionar o agrupamento e a escola do aluno. Se não aparecer a escola, significa que os vouchers ainda não forem emitidos.

Os vouchers incluem os cadernos de atividades e de fichas?

Não. Apenas são emitidos vouchers para os manuais escolares. Os cadernos de atividades e de fichas, bem como os restantes componentes dos chamados packs pedagógicos, têm de ser adquiridos pelas famílias. No caso do 1º ciclo, a Câmara Municipal vai assegurar esse fornecimento para os alunos beneficiários de ASE.

Os manuais escolares gratuitos têm de ser devolvidos à escola?

Sim. Os manuais escolares distribuídos gratuitamente devem ser devolvidos à escola pelo encarregado de educação, em bom estado, para voltarem a ser reutilizados no ano letivo seguinte.

Se o encarregado de educação devolver os manuais escolares gratuitos em mau estado, que não seja decorrente da utilização normal, fica obrigado a pagá-los ou, se o não fizer, perde direito a eles no ano letivo seguinte. Note-se que cada manual é considerado individualmente, ou seja, se não for entregue em bom estado o manual de apenas uma disciplina, só se perde o direito a receber o manual dessa disciplina no ano letivo seguinte.

Também existe a possibilidade de pagar o valor integral dos manuais escolares entregues em mau estado, ficando assim com direito a recebê-los no próximo ano letivo.

Quando devem ser devolvidos?

Os manuais escolares distribuídos gratuitamente devem ser devolvidos no final do ano letivo ou no final do ciclo de estudos, quando se trate de disciplinas sujeitas a exame. Neste último caso, os manuais têm de ser entregues três dias após a realização do respetivo exame.

Em caso de retenção, o aluno pode conservar na sua posse os manuais relativos ao ciclo ou às disciplinas em causa até à sua conclusão.

Há alguma exceção?

Sim. Os alunos do 1.º ciclo do ensino básico não têm de devolver os manuais escolares gratuitos. Neste nível de ensino, são distribuídos manuais escolares gratuitos novos.

Nota: esta informação sobre os manuais voltará a ser disponibilizada quando os vales começarem a ser emitidos, pois tem havido alguma mudanças de datas.

 

Dados análogos do final do ano:

Matrizes horárias:

EPE

1º ciclo

2º e 3º ciclos

A Maior Lição do Mundo

By | Atividades, Destaques | No Comments

A Escola Básica de Aver-o-Mar participou na iniciativa “A Maior Lição do Mundo”, promovida pelo Comité Português para a UNICEF e a Direção-Geral da Educação. Esta atividade tem como principal objetivo a reflexão e ação no âmbito dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

As turmas 8ºA, 8ºB, 9ºA, 9ºC e 9ºF, orientados pela professora Graça Pinheiro, dinamizaram o projeto de investigação “O caminho para a sustentabilidade começa em ti”, em colaboração com os encarregados de educação do 8ºA, a Vereadora do Ambiente da autarquia Sílvia Costa e o Presidente da HORPOZIM Manuel Silva. Estas parcerias foram fundamentais para a realização deste projeto e o trabalho realizado mereceu uma nota positiva da citada Vereadora “… muito me agrada que abordem estas questões de forma tão dinâmica e com o envolvimento dos alunos. Esta é, de facto, a melhor forma de os envolver no tema e sensibilizar para a ação. Por outro lado, esperamos contar com eles para a divulgação da informação na comunidade familiar.”

Por um futuro melhor vamos cuidar do ambiente! Com a contribuição de todos é possível que pequenos gestos causem grandes mudanças.

https://www.canva.com/design/DAEk1w2zyEs/y6zsCVAw-_vIOIl86SGASg/view?utm_content=DAEk1w2zyEs&utm_campaign=designshare&utm_medium=link&utm_source=sharebutton

ESCOLAS QUE SE ABRAÇAM

By | Atividades, Destaques | No Comments

O projeto ESCOLAS QUE SE ABRAÇAM acontece em torno do intercâmbio educacional e cultural entre o município mineiro de Conceição do Mato Dentro e as sete escolas públicas municipais, com escolas públicas de diferentes municípios portugueses: Óbidos, Campo Maior, Lisboa, Braga e Póvoa de Varzim. O objetivo é envolver as comunidades escolares dos dois países entre março e agosto de 2021 para reflexões sobre a resiliência em tempos de sindemia.

A Escola de Aver-o-Mar participou ativamente neste projeto e muitos dos trabalhos realizados pelos nossos alunos serão publicados num livro com, versão em inglês, para difusão universal e gratuita.
As turmas do 8ºA, 8ºB, 9ºA, 9ºC e 9ºF, orientados pela professora Graça Pinheiro implicaram-se na realização deste projeto. Produziram mais de 60 trabalhos, cujas reflexões nos permitem avaliar os efeitos causados pela pandemia nos nossos jovens. Participaram ainda no encontro online,  “Hora do abraço” que se realizou no dia 4 de maio.

Cantina escolar: boas férias!

By | Clubes, Destaques, Saúde e Proteção Civil | No Comments

Ao longo deste ano letivo, atípico e exigente a vários níveis, o Clube de Saúde e Proteção Civil acompanhou de forma exemplar os nossos alunos durante o seu período de almoço na cantina escolar.

Destaca-se o grande empenho e dedicação de todos os que nos acompanharam nesta caminhada… professores, assistentes operacionais, equipa de cozinha e, com grande destaque, os nossos alunos, sempre cooperantes.

De modo a assinalar de forma diferente e especial este fim de ano letivo, no passado dia 8 de julho, o Clube de Saúde e Proteção Civil preparou “Cachorros” para todos os alunos que almoçaram na cantina escolar. Esta atividade teve como finalidade terminar o ano letivo com uma refeição fora do habitual e do agrado dos alunos. Simultaneamente, pretendeu mostrar que, fazendo regularmente uma alimentação saudável, comer uma vez ou outra um alimento menos nutritivo, não irá prejudicar a saúde.

Toda a cantina foi preparada e decorada a preceito. Foi gratificante ver a satisfação espelhada no rosto dos nossos alunos. A atividade revelou-se bastante positiva sendo de destacar a grande alegria dos alunos e o ambiente de bem-estar criado na cantina.

O Clube de Saúde e Proteção Civil deseja a toda a comunidade educativa Boas Férias, com práticas seguras e saudáveis! 

O coordenador do CSPC

Luís Almeida

 

 

Praças, Ruas e espaços da escola

By | Atividades, Destaques | No Comments

A nossa escola…tão bonita que está!

Foi este o sentimento quando, no início do ano letivo, entramos naqueles novos portões e descobríamos uma “nova”, ou seja, a mesma escola, mas que parece ter saído de uma operação de lifting que correu bem!

É nossa, lutamos para isso e aqui está ela! É a nossa casa…é o nosso sítio. E o nosso sítio tem espaços, uns mais recatados do que outros, com banquinhos para nos sentarmos a conversar, para vermos a malta passar nos intervalos, a ouvir a rádio, a dançar os tik toks… Também podemos usufruir dos fantásticos jardins e sentarmo-nos a ler um livro ou fazer o trabalho que a professora de EV pediu! É muito melhor fazer trabalhos ao ar livre, na relva.

Afinal, a nossa escola tem praças, tem ruas…tem jardins e tem casas, que são as nossas salas de aula.

A atividade foi pensada para os alunos do 9º ano que iriam usufruir pouco deste novo espaço, que fez parte da vida deles durante 5 anos, mas poderiam deixar a sua marca. E deixaram, certamente! A cada espaço, atribuíram nomes de individualidades ligadas à literatura, artes, ciência, humanidades, comunicação e desporto. Agora, cada espaço tem o seu nome, o nome deixado por eles. E todos os professores ajudaram, fantástico!

Mas não ficaram por aí: fizeram uma festa! Inauguraram os nossos sítios, os sítios nomeados por eles e, apesar do Plano de Contingência, provaram que, mesmo seguindo regras, podemos fazer coisas tão bonitas e criativas! E vieram mais ajudas: as professoras Isabel Costa, Marta Antunes e Maria José Crasto surpreenderam-nos ao ensaiar os alunos para ora dramatizarem ora declamarem, naquela escadaria do pavilhão A, em várias línguas, numa mistura tão refrescante; a professora Cármen Augusto, do Clube de Artes, “ressuscitou” pintores num realismo impressionante; a Drª Andreia Teixeira, com a sua natural capacidade de nos fazer rir com o teatro; a professora Fátima Cunha fez coisas tão bonitas no Clube de Comunicação; os espetaculares robôs das professoras de Matemática, Paula Santos, Fátima Morais e Susana Carreira; as experiências extraordinárias da professora Graça Pinheiro e a fantástica feira do livro da professora Marta Antunes, onde os próprios alunos ficaram responsáveis pela venda.

E no final? A eletrizante professora Isabel Campos fez-nos um flash mob e era ver todos a dançar como se não houvesse amanhã (sempre dentro das regras, claro!).

Foi um dia feliz! Estiveram e estão todos de parabéns!

Teresa Teixeira (professora de Geografia) e Olga Carvalho (professora de História e Cidadania e Desenvolvimento)

 

Devolução de manuais escolares – atualização (2º ciclo)

By | Destaques, Direção | One Comment

Atualização em 01.07.2021

Informação para 2º ciclo
Solicita-se aos alunos de 5º e 6º ano e respetivos Encarregados de Educação que procedam à devolução de manuais escolares, do seguinte modo:
Os alunos deverão devolver os manuais, preferencialmente, até ao último dia de aulas (5ª feira, 8 de julho), deixando-os colocados na secretária que, habitualmente ocupam, na sala da turma.
Solicita-se, ainda, que o documento em anexo (anexo 1 para alunos de 5º ano; anexo 2 – para alunos de 6º ano) seja devidamente preenchido pelo Encarregado de educação e entregue em conjunto com os manuais.
A entrega deverá acontecer na aula do Diretor de turma, que terá que verificar listagem de manuais entregues, registando data e assinando o documento, que será colocado por cima dos manuais.
Recorda-se que é obrigatória a devolução de todos os manuais atribuídos pela escola, no presente ano letivo e no anterior (para os alunos de 6º ano), conforme listagem constante no anexo. Em caso de dúvida, os EEs deverão consultar recibo entregue no início de cada ano.
Os cadernos de atividades não precisam de ser devolvidos, até porque foram adquiridos pelos alunos/ EE.
Os manuais deverão encontrar-se em bom estado de conservação, apelando-se a que se apague qualquer inscrição que tenha sido redigida nos mesmos, sendo que “A devolução dos manuais em mau estado implica o pagamento do valor de capa, exceto quando o manual já tenha atingido o tempo de útil da reutilização” (Despacho 921/2019, de 24.01, ponto 2.2).
O recibo de Devolução de Manuais Escolares será enviado, posteriormente, para o mail institucional do aluno.

Informação 7 – Devolução de manuais escolares – 5º e 6º ano

 

Informação de 18.06

Devolução de manuais escolares – orientações para 3º ciclo

Na sequência da informação enviada, ontem, pela DGEstE, solicita-se aos alunos e respetivos Encarregados de Educação que procedam à devolução de manuais escolares, do seguinte modo:

 

7º e 8º anos – os alunos deverão devolver os manuais, preferencialmente, até ao último dia de aulas ( 4ª feira, 23 de junho), deixando-os colocados na secretária que habitualmente ocupam, na sala da turma. Solicita-se, ainda, que coloquem uma folha, por cima dos manuais, com nome do aluno e listagem de manuais (incluir indicação de volumes, quando aplicável) e, preferencialmente, com assinatura do encarregado de educação (o documento deverá ser elaborado em casa, sendo depois verificado na escola).

A entrega deverá acontecer na aula do Diretor de Turma, que terá que verificar listagem de manuais entregues, registando  a data e assinando o documento. No caso, de a turma não ter aulas com diretor de turma, a entrega poderá ser feita a outro professor.

Recorda-se que é obrigatória a devolução de todos os manuais atribuídos pela escola , com exceção dos manuais de Português e Matemática ,  nos 7º e 8º anos (os EEs deverão consultar recibo entregue no início do ano letivo, onde constam os manuais entregues pela escola).  Alunos que ficarem  retidos devem conservar os manuais para utilizar no próximo ano, a não ser que prossigam estudos num percurso diferente, por exemplo, CEF.

 

9º ano  – os alunos que ainda não procederam à entrega dos manuais, poderão fazê-lo na 4ª feira, dia 23 de junho, aquando da atividade programada para a tarde, devendo dirigir-se à Assistente Operacional do PBX que orientará processo de entrega de manuais.

Recorda-se que é obrigatória a devolução de todos os manuais atribuídos pela escola, incluindo os manuais de Português e Matemática de 7º e 8º anos (os EEs deverão consultar recibo entregue no início do ano letivo).  A única exceção aplica-se aos alunos retidos (devem conservar os manuais para utilizar no próximo ano, a não ser que prossigam estudos num percurso diferente, por exemplo, CEF).

Os cadernos de atividades não precisam de ser devolvidos, até porque foram adquiridos pelos alunos/ EE.

Os manuais deverão encontrar-se em bom estado de conservação, apelando-se a que se apague qualquer inscrição que tenha sido redigida nos mesmos, sendo que “A devolução dos manuais em mau estado implica o pagamento do valor de capa, exceto quando o manual já tenha atingido o tempo de útil da reutilização” (Desp 921/2019, de 24.01, ponto 2.2).

Neste momento, ainda aguardamos informação mais completa, mas, em princípio, o recibo de entrega de manuais escolares será enviado por email para o aluno/EE.

Adicional em 21.06: 

Alunos de 9º ano – informa-se que, uma vez que no próximo ano letivo haverá nova adoção de manuais de 7º ano, não será necessário devolver os manuais de 7º ano de Português e Matemática (esta situação aplica-se, apenas, aos alunos que estão a terminar o 9º ano)

Informação 6 – Devolução de manuais escolares

Projeto Erasmus+ Together, junho 2021

By | Destaques, ERASMUS | No Comments

Foi com grande alegria que no passado dia 15 de Junho chegou, finalmente, à nossa escola, após ter passado por vários testes COVID  com certificado de vacinação e após ter tido uma estadia prolongada na República Checa, a nossa Maria da Roménia. Os docentes da equipa Erasmus+ Together receberam-na com muito entusiasmo, registando o momento para a posteridade. Não foi possível recebê-la com um lanche reforçado de iguarias tradicionais portuguesas, devido ao Plano de Contingência existente na Escola, no entanto, até à sua partida rumo a Espanha, oportunidades não faltarão. Entretanto, a nossa Maria do Mar, continua por terras checas, confinada e cumprindo todas as regras estipuladas no país mas aproveitando ao máximo a sua estadia.

Equipa Together:   Fátima Morais, Paula Santos, Teresa Teixeira, Marta Antunes,

Conceição Costa, Susana Carreira, Ilídio Machado

A minha escola nova é TOP!

By | Atividades, Destaques | No Comments

No momento em que as mudanças da adolescência a nível físico, emocional e social começam, as crianças encontram-se num ambiente escolar radicalmente diferente daquele a que estavam habituadas. Para alguns alunos esta mudança marca o começo de uma descida em espiral em relação ao rendimento académico, desistência escolar e outros problemas.

Com a situação atual de Pandemia os finalistas de 4º ano não tiveram oportunidade de se preparar para as mudanças implicadas na transição para o 2º ciclo, conhecendo presencialmente a nova escola, no entanto, poderão minimizar essa lacuna, recorrendo à visita virtual no site do Agrupamento.

Por outro lado, o Serviço de Psicologia e Orientação, com o intuito de os ajudar na gestão desta transição, esclarecendo, informando e prevenindo, abordando temas como Expectativas, Principais Mudanças, Dicas de Estudo, Prevenção de Comportamentos de Risco, Perigos na Internet, Proteção da Intimidade, Bullying, Resolução de Conflitos, Assertividade e Cooperação, dinamizou uma atividade de inclusão escolar “Promover a transição – a minha nova escola é TOP” em todas as turmas do 4º ano do Agrupamento de Escolas.

Susete Araújo, psicóloga

Campanha “Férias: um lugar tecno saudável!”

By | Destaques, Direção | No Comments

O Professor Daniel Sampaio, a Professora Ivone Patrão e a Direção-Geral da Educação, no âmbito do Centro de Sensibilização SeguraNet, com o apoio da Geração Cordão e do Instituto de Apoio à Criança, lançam a Campanha “Férias: um lugar tecno saudável!”, que visa sensibilizar crianças e jovens para o uso saudável da tecnologia durante o período das férias escolares.
Esta campanha, dirigida a pais/encarregados de educação e a todos os agentes educativos, propõe uma viagem a esse lugar especial, onde todos poderão desfrutar de férias em segurança, e onde é privilegiado o bem-estar físico e mental. A grande novidade: através de uma brochura informativa, de um conjunto de dicas e de vídeos de sensibilização, podem encontrar tudo o que todos, em família, precisam!

Consulte brochura com recomendações para o uso saudável da tecnologia: https://www.seguranet.pt/sites/default/files/202106225-seguranet-tec-ferias-v5.pdf

Mais informações em: https://www.seguranet.pt/pt/campanha-ferias-um-lugar-tecno-saudavel

Help-Desk