Category

Biblioteca

Aprender com a Biblioteca Escolar

By | Biblioteca, Destaques | No Comments
As bibliotecas escolares são um espaço educativo integrador de múltiplas literacias e desempenham um papel cada vez mais decisivo de capacitação das crianças e dos jovens que as utilizam, formal ou informalmente.
A integração explícita e intencional em projetos e atividades realizadas com e pelas bibliotecas escolares, de competências nas áreas da leitura, dos media e da informação, em ambientes físicos ou digitais, constitui uma das mais importantes estratégias para o sucesso escolar e o desenvolvimento pessoal e cultural dos jovens.
Num contexto educativo em que, no Perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória se considera “a escola, enquanto ambiente propício à aprendizagem e ao desenvolvimento de competências, onde os alunos adquirem as múltiplas literacias que precisam de mobilizar,” a biblioteca escolar pode, através dos instrumentos de que dispõe, dar um contributo significativo e imprescindível para a reconfiguração que se pretende para a escola pública. De igual modo, para a concretização da flexibilidade curricular, a biblioteca escolar constitui um lugar de interseções e colaboração para o desenvolvimento das literacias. A biblioteca favorece a educação inclusiva e enriquece os contextos e as estratégias de ensino e de aprendizagem, promovendo o desenvolvimento das literacias essenciais ao exercício de uma cidadania plena.
O referencial Aprender com a biblioteca escolar é um instrumento determinante na persecução destes objetivos, tendo sido demonstrada pelas escolas envolvidas na sua aplicação, a clara vantagem deste tipo de intervenção, quer na motivação dos alunos, quer no enriquecimento das práticas de ensino, nos resultados obtidos e nos produtos gerados. (https://rbe.mec.pt/np4/89/)
No sentido de potenciar as práticas de apoio ao currículo, flexibilização curricular e cidadania, os professores bibliotecários do agrupamento dinamizam sessões de formação de professores com base em propostas do referencial Aprender com a Biblioteca Escolar com início no dia 30 de outubro às 17h30 na Biblioteca Escolar da Escola Sede.

Concurso Nacional de Leitura

By | Biblioteca, Destaques | No Comments
A 14.ª Edição do Concurso Nacional de Leitura (CNL) está a decorrer.
O objetivo central do Concurso Nacional de Leitura é estimular o gosto e os hábitos de leitura e melhorar a compreensão leitora. A iniciativa tem como destinatários alunos dos 1.º,2.º, 3.º ciclos do ensino básico e alunos do ensino secundário.
Cabe ao Plano Nacional de Leitura 2027 (PNL2027) a iniciativa e o desenvolvimento do CNL, ao longo de quatro fases consecutivas:
Fase Escolar / Municipal – Engloba as provas nas escolas/agrupamentos e nos municípios.
O 1.º momento é da responsabilidade das escolas/agrupamentos do Continente e dos Arquipélagos dos Açores e da Madeira, bem como do Camões, IP e da DGAE/DSEEPE, nas escolas portuguesas e da Rede de Ensino Português no estrangeiro que aderirem a esta iniciativa.
O 2.º momento traduz-se pela realização de provas organizadas pelas Bibliotecas Municipais, dirigidas aos alunos vencedores do momento anterior.
Fase Intermunicipal – Esta fase congrega os vencedores selecionados em cada um dos municípios para a realização de provas nas Comunidades Intermunicipais ou Áreas Metropolitanas, a decorrer nestas datas.
Fase Nacional – conta com a participação de todos os parceiros e é constituída por uma prova que apurará cinco finalistas em cada nível de ensino, os quais serão, na cerimónia final, ordenados em função da avaliação de um júri nacional, a constituir para o efeito.
Como em edições anteriores, o PNL2027, com o propósito de dar a esta celebração da leitura e da escrita um caráter mais universal e significativo, articula-se com a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), com a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), com o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua (Camões, IP), com a Direção-Geral de Administração Escolar/Direção de Serviços de Ensino e das Escolas Portuguesas no Estrangeiro (DGAE/DSEEPE) e com a Rádio Televisão Portuguesa (RTP), responsável pela cobertura televisiva do evento, e com a Câmara Municipal de Oeiras.
A participação no concurso está aberta às escolas do Continente e das Regiões Autónomas dos Açores (RAA) e da Madeira (RAM), das redes pública e privada que a ele aderirem, através da inscrição de alunos de todos os ciclos de ensino – 1.º ciclo / 2.º ciclo / 3.º ciclo / ensino secundário. Está igualmente aberta aos alunos das Escolas Portuguesas no Estrangeiro (EPE) da área de influência da Direção-Geral de Administração Escolar/Direção de Serviços de Ensino e das Escolas Portuguesas no Estrangeiro (DGAE/DSEEPE) e aos alunos da rede de Ensino Português no Estrangeiro (EPE) do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua (Camões, IP).
Informação complementar em:    https://bibavm.blogspot.com/2019/10/cnl-2019-20.html

Cientificamente Provável na EB de Aver-o-Mar

By | Biblioteca, Destaques | No Comments
No âmbito do projeto Cientificamente Provável – protocolo de cooperação entre o Ensino Superior e o Ensino Básico – decorreu no passado dia 6 de maio mais uma iniciativa na Escola Básica de Aver-O-Mar.

Desta feita, uma palestra proferida pelo Dr. Samuel A. Lopes do Departamento de Matemática da FCUP, dirigida a alunos de 9º ano.

Os alunos presentes tiveram a oportunidade de observar vários exemplos que ressaltam a importância da matemática e a sua aplicação a diferentes áreas do saber: das Ciências às Humanidades!

A iniciativa resultou do trabalho articulado entre a Biblioteca Escolar e o Grupo de Matemática sendo que ficou a premissa de outras ações virem a acontecer.


       Marta Antunes

Coordenadora Biblioteca Escolar
Agrupamento Escolas Aver-O-Mar

Boas práticas de Segurança Online

By | Atividades, Biblioteca, Destaques | No Comments

A Atividade “Boas Práticas de Segurança Online”  decorrerá, neste Agrupamento, entre os dias 28 de janeiro e 28 de fevereiro. É uma iniciativa  da disciplina de TIC, do subdepartamento de matemática, em articulação com a Biblioteca Escolar.

No dia 1 de fevereiro será realizada a sessão informativa “Bullying e Cyberbullying” para os alunos e Encarregados de Educação, estando também previstas  atividades com óculos 3D de Realidade Virtual, no final do mês de fevereiro.

Programa completo:

Cartaz Divulgação_BPSO

Notícias das bibliotecas: atualização EB Navais

By | Atividades, Biblioteca, Destaques | No Comments
Em 2016/17, alunos das turmas NA3 da EB Navais e 5ºD da EB Aver-O-Mar participaram na iniciativa solidária Histórias Ajudaris 2017 e viram os seus textos publicados no volume 1 deste projeto.
A fim de divulgar a nossa participação nesta iniciativa, a Biblioteca Escolar convidou os pequenos autores a gravar a leitura dos seus textos. Aqui fica o testemunho audio da iniciativa, também disponível no blogue da Biblioteca BIB AVM.

Parabéns!

https://www.youtube.com/watch?v=Tdz1yw67AuI

https://www.youtube.com/watch?v=uTIlFtkNmz4

 

Destaca-se, ainda, o trabalho da turma RF4 no âmbito do projeto "Ler para aprender+", um projeto interdisciplinar a partir de leituras de obras e de consulta de informação na internet, com links disponibilizados num roteiro.

https://bibavm.blogspot.com/

Destaca-se, este mês, mais um trabalho, desta feita a iniciativa da turma NA4, da EB Navais, cujo trabalho pode ser vista abaixo.

ler-para-aprender+ NAVAIS

 

Dia Internacional da Biblioteca Escolar

By | Biblioteca, Destaques | No Comments

A partir do tema definido pela International Association of School Librarianship (IASL) para o International School Library Month (ISLM) em 2018, “Why I love my school library”, a RBE procurou uma formulação que melhor traduzisse para a língua portuguesa a ideia transmitida, optando-se por uma linguagem híbrida em que todas as gerações se reveem: “Eu ♥  biblioteca escolar”.

Como habitualmente, o Dia Internacional da Biblioteca Escolar será assinalado na quarta segunda-feira de outubro, dia 22.

Alunos de todos os níveis do Agrupamento – do JI ao 3º CEB – estão já a participar no projeto internacional Bookmark Exchange, troca de marcadores de livros com alunos de outros países da Europa e do mundo.

Marta Antunes, professora bibliotecária

Semana da Educação Artística

By | Biblioteca | No Comments

A Comissão Nacional da UNESCO desafiou o município da Póvoa de Varzim a assinalar a Semana da Educação Artística. Prontamente, a Biblioteca Municipal, em parceria com as Escolas, promoveu, de 19 a 26 de maio, várias atividades.

Na primeira parte da Conferência, debateu-se o papel das bibliotecas associadas à UNESCO na promoção a Educação Artística.

Destaca-se a Conferência “Educação, Artes e Bibliotecas” que aconteceu, dia 22, na Biblioteca Municipal, cuja sessão de abertura contou coma presença do Vice-presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim e o Presidente da Comissão Nacional da UNESCO

“A Educação Artística nas escolas – criatividade e educação” foi o tema que preencheu a segunda parte da conferência. Os testemunhos foram apresentados pelos professores coordenadores das bibliotecas escolares de todos os Agrupamentos que integram este concelho.

O seguinte trabalho relativo ao Agrupamento de Escolas de Aver-o-Mar, apresentado na Conferência, pela professora bibliotecária, Marta Antunes, é revelador do (des)empenho desta ESCOLA na promoção e no desenvolvimento da educação artística.

https://bibavm.blogspot.pt/

 

Agrupamento de Aver-o-Mar distinguido a nível nacional pela RBE

By | Biblioteca

O Agrupamento de Escolas de Aver-o-Mar viu um dos seus dois projetos apresentado à RBE 2018,  Candidatura 2018: Leituras… com a biblioteca, ser distinguido, a nível nacional, num total de 16 escolas aprovadas, beneficiando de um apoio de 3000 euros para a sua implementação, no caso para aquisição de tablets afetos, sobretudo ao trabalho no 1º ciclo.

Este projeto “Vamos ler para aprender” enquadra-se num projeto mais amplo, “Construindo Leitores”, que a BE tem vindo a implementar cuja finalidade se prende com o conceito de “Leitor Total” e que se operacionaliza a partir de vários subprojectos: “Aler+-os-Livros” (leitura orientada em sala de aula, com packs de obras literárias); “Leitura recreativa” (empréstimo domiciliário); “Ler para recolher informação / projeto literacia” (com utilização de modelos de pesquisa); “Ler textos instrucionais” (tais como: receitas, manuais de instruções, regras de jogos, regulamentos… textos que fazem parte do quotidiano dos nossos alunos; “Ler textos funcionais” (textos que circulam nas diferentes esferas da sociedade, designadamente, horários, bilhetes, programas televisivos, convites, anedotas, avisos, rótulos, provérbios, emails, textos não verbais (logomarcas, placas…), slogans, entre outros; “Leituras de apoio ao currículo” (obras de referência e de apoio a projetos); “Participação nas iniciativas da BE” (sessões de leitura, concursos diversos, desafios, oficinas de leitura, escrita e oralidade).

Para o projeto o Agrupamento vai adquirir 13 tablets para o trabalho de pares, tendo em conta que as turmas no primeiro ciclo podem ser constituídas por 26 alunos, prevendo-se que os tablets rodem de turma para turma, pelas diferentes escolas, na razão de uma turma por mês.

As tarefas, cujo teor mais tarde revelaremos, são executadas, ao longo de dois anos, em diferentes momentos, ora nas aulas de português, ora nas aulas de Estudo do Meio, ora na BE. O professor bibliotecário, numa lógica de dinâmicas de coadjuvação, e atendendo às orientações do “Referencial Aprender com a BE”, colabora nas dinâmicas de exploração dos textos literários e na orientação / supervisão dos alunos aquando da execução das tarefas e pesquisas diversas e nas Oficinas de Escrita.

O projeto, sob coordenação da professora bibliotecária Zulmira Lima,  responsável pela elaboração da proposta, tem cariz multidisciplinar, envolvendo, desde já, as docentes Carina Monte e Clarinda Costa.

 

Excerto da comunicação hoje recebida:
Assunto: Programa Rede de Bibliotecas Escolares
Data: 26 de fevereiro de 2017
N/ Referência: Candidatura 2018: Leituras… com a biblioteca
Exmo. Sr. Diretor
Agrupamento de Escolas de Aver-o-Mar
Dr. Carlos Gomes de Sá
O domínio da articulação curricular e a dinâmica de colocação da biblioteca escolar ao serviço dos curricula assumem atualmente, no quadro de atuação da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e nos planos de atividades dos serviços de biblioteca em que se fundamenta a sua intervenção, um destacado protagonismo, que não é mais do que o reconhecimento do lugar que à biblioteca cabe na construção dos diferentes saberes e da função insubstituível que os recursos e práticas que a biblioteca promove têm na aquisição das diferentes literacias.
Com o propósito de consolidar e reforçar os instrumentos de ligação da biblioteca à sala de aula, foi criada a candidatura Leituras…. com a biblioteca para apoiar a criação e desenvolvimento de programas de leitura, a implementar em contexto letivo, que potenciem a ocorrência de momentos e atividades em que a leitura feita em aula, para além de proporcionar o prazer imediato da descoberta e da fruição, funcione como instrumento de aprendizagem.
Em 2018, no universo das candidaturas apresentadas a esta modalidade, foram selecionados, a nível nacional, dezasseis projetos, nos quais se inclui o vosso, que beneficiará de um apoio financeiro, constante no quadro em anexo.
A verba atribuída transitará diretamente para o orçamento do agrupamento/ escola e, logo que o Instituto de Gestão Financeira da Educação, I.P. a disponibilize, deverá ser executada, de acordo com os procedimentos administrativos, até ao final do corrente ano económico. O professor bibliotecário, em articulação com a direção, deverá preencher e submeter, até 20 de abril, a Proposta de aquisição disponível no Sistema de informação RBE (Candidaturas). Após a conclusão dos procedimentos de aquisição, deverão, ainda, ser submetidos, entre dezembro de 2018 e janeiro de 2019, os comprovativos de aquisição de bens.

(…)

Candidatura 2018

 

As bibliotecas são estruturas nucleares na escola, dotadas de recursos, serviços e tecnologias, capazes de contribuir para o enriquecimento do currículo e das práticas docentes. São espaços onde se lê, se tem acesso a todo o tipo de documentos, se pesquisa, se usa informação e se exploram ambientes, recursos e técnicas de aprendizagem diversificados. 

 

(Programa Rede de Bibliotecas Escolares. Quadro estratégico: 2014-2020)

Help-Desk