Category

Biblioteca

Mês da internet segura- BE/JI de Aldeia

By | Atividades, Biblioteca, Destaques | No Comments

No passado dia 28 de fevereiro tivemos, na nossa sala, JI de Aldeia, Aguçadoura, uma atividade espetacular!

Por iniciativa da Biblioteca Escola, através da professora Bibliotecária Marta Antunes, com a colaboração da Prof. Mariana Machado, de TIC, e no âmbito do Mês da Internet Segura, fizemos três tarefas que nos fascinaram:

– programação do Robot Mind no tapete;

– programação do Robot Mind para desenho com formas;

– jogo Realidade Virtual.

A atividade foi do agrado de todos, e, no final da atividade, o Francisco resumiu tudo numa frase – exclamou: “Estou tão feliz!”.

Gostamos muito desta atividade! Foi diferente de tudo o que já experimentamos e ficamos a desejar comprar um Robot para a nossa sala!

Com os desenhos que o Robot Mind nos deixou fizemos depois uma colagem com formas, inspirados nos seus desenhos.

JI de Aldeia, educadora Ana Sanches

EB de Refojos na Universidade -atualização

By | Biblioteca, Destaques | One Comment

Reportagem da Visão Júnior, onde está publicada uma notícia sobre a ida dos nossos alunos ao CECS em Braga (a revista, em formato de papel, está disponível na biblioteca):

revista Visão

 

No âmbito dos projetos dinamizados pela Biblioteca Escolar, em articulação com a docente de TIC e com entidades externas, projetos Cientificamente Provável e Miúdos a Votos, a turma RE4A da EB de Refojos participaram no dia 13 de fevereiro – Dia da Rádio – em oficinas de rádio e vídeo nos laboratórios do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho.

Os alunos puderam experienciar, como atores e realizadores, a produção de um vídeo – conceção, filmagem, sonoplastia, imagem – e de um programa de rádio – gravação em estúdio insonorizado de voz, seleção de sons e músicas de fundo, procedimentos de equalização e mistura e tratamento do som.

Esta foi uma experiência única que permitiu aos alunos perceberem como são concebidos e produzidos em estúdio os programas de rádio e televisão.

O jovem grupo de trabalho foi ainda entrevistado pela equipa de reportagem da Visão Júnior/Miúdos a Votos sobre a sua participação neste projeto, fornecendo pormenores das leituras e dinâmicas realizadas para promoção do livro que escolheram e respetiva campanha eleitoral – processo de recenseamento, apresentação de candidaturas, campanha eleitoral, dia de reflexão, dia de eleições e escrutínio.

[…] este processo eleitoral decorrerá segundo as regras de umas eleições políticas. Assim, os boletins de voto serão obrigatoriamente os fornecidos pela organização, que os disponibilizará em formato digital às escolas participantes para que possam ser impressos atempadamente. As listas das turmas funcionarão como cadernos eleitorais.[…] (in Regulamento de Miúdos a Votos)

No dia 15 de março será Dia de Eleições na EB de Refojos, mas também na EB de Aver-O-Mar – outra escola do Agrupamento que aderiu ao projeto – sendo os alunos convidados a eleger o melhor livro / candidato.

Dias diferentes que ficarão certamente na memória deste grupo de alunos. Brevemente serão divulgados os produtos realizados nas oficinas de Rádio e Vídeo.

https://youtu.be/q0XmfaYMR_A

 

Marta Antunes, professora bibliotecária

De 11 de março a 4 de abril acontece o Mês da Leitura no Agrupamento de Escolas Aver-o-Mar

By | Biblioteca, Destaques | No Comments
Conforme indicações do Plano Nacional de Leitura, este seja um período "para celebrar a leitura, o livro e o leitor [...] promovendo atividades para festejar a leitura como ato comunicativo, diálogo entre as artes, as humanidades e as ciências, espaço de encontro, criativo e colaborativo".

Assim, em articulação com as diversas instâncias e escolas do Agrupamento, a Biblioteca Escolar vem por este meio divulgar o programa geral das iniciativas que acontecerão em diferentes momentos e diferentes espaços no nosso Agrupamento.

Um agradecimento a todos os que viabilizaram a idealização deste programa / atividades e um forte apelo à participação de toda a comunidade escolar.

Boas Leituras!!

Programa

Da Terra e do Mar: Ler com Prazer, Emoção e Risos
- Durante 15 / 20 minutos, os alunos leem na escola o seu livro favorito ou outro à escolha; - EB Refojos
- Sessão de contos (por professor ou aluno) – EB Refojos; EB Barros; EB Fieiro;
- Leitura livre: Escolha de um livro na biblioteca e seleção de um espaço a gosto para fazer a leitura individual do mesmo (jardim, biblioteca, polivalente…) - EB Aldeia; EB Teso
- Leitura de textos/livros com sentido de humor. – EB Teso
- Troca/empréstimo de obras entre os alunos para lerem ao longo do mês (No caso do pré-escolar a leitura será feita na sala de aula). – EB Agro Velho
- Hora do Conto em inglês – Todas as escolas
- Concurso de Videocasts - RF4 – EB Refojos; EB Aver-O-Mar (Português/Inglês/Francês)
- TODOS A LER – leituras à solta nas salas de aula / dia 14 março – Agrupamento
- LER COM A MATEMÁTICA: ler poesia e reescrever em linguagem matemática – EB Aver-O-Mar
- Ler Sophia na Rádio Onda Viva – gravação de podcast para emissão na rádio local / ação concelhia – EB Aver-O-Mar


Da Terra e do Mar: Ler e Escrever com a Comunidade
- Visita de Pais e ou outros agentes da comunidade à escola para ler histórias nas turmas – EB Refojos; EB Aldeia; EB Barros; EB Agro Velho
- Requisição conjunta de livros Pais e Filhos – EB Refojos
- Conto em vai e vem (elaboração de uma história pelos Encarregados de Educação de todas as turmas, inclusive os EE do Pré-Escolar) – EB Aldeia
- Sacos de Compras: desafio lançado aos Pais, sensibilização para a proteção dos Oceanos - EB Teso;
- Recolha de provérbios relacionados com o Mar e a Terra pelas famílias e construção de um painel coletivo. – EB Navais
- Leitura pelos encarregados de educação de obras relacionadas com o tema: “Rosa e os feitiços do mar”; “Lendas do Mar”; “O Dia Em que o Mar Desapareceu”; “O Peixe e o Pescador” – EB
Navais
- Escrever e ilustrar uma história coletiva com a ajuda dos professores e pais. – EB Agro Velho
- “Ler é”… Criação de um painel com trabalhos dos pais - EB Fieiro
- Leituras inter-turmas – EB Barros; EB Agro Velho
- Intercâmbio entre turmas (3º e 4º) – leitura de histórias na língua Inglesa. – EB Fieiro; EB Aldeia
- Danças e cantares da tradição local, com a participação de um encarregado de educação pertencente ao rancho Folclórico “Os Camponeses de Navais” – EB Navais

Leituras da Terra & do Mar
Mês da Leitura
HOJE LEITOR, AMANHÃ LEITOR
- Miúdos a votos – RF4 – EB Refojos; EB Aver-O-Mar (2ºCEB)
- A Várias Mãos – projeto concelhio de escrita colaborativa – EB Navais

Da Terra e do Mar: Ler pelo Olhar de Outrem
- À conversa com… Dina Sachse - ilustradora (a confirmar) – Todas as escolas
- Visualização e exploração d’Os Direitos do Leitor de Daniel Pennac, na biblioteca. – EB Fieiro;
- Visualização de um filme alusivo à importância da leitura – EB Fieiro
- Visita da “Nené” (teatro) – Todas as escolas
- Teatro musicado “Vou pintar o meu planeta” – EB Agro Velho
- Visita a uma gráfica “Norprint” – EB Agro Velho
- À Conversa com… Manuela Ribeiro – escritora e organizadora do evento Correntes D’Escritas – EB Aver-O-Mar
- Sessão de Leitura Expressiva com Ana Esteves A Vida Mágica da Sementinha – EB Aver-O-Mar
- Sessão de poesia por ex-aluno do Agrupamento – EB Aver-O-Mar
- Encontro com…Luís Silva – ilustrador – EB Aver-O-Mar

Da Terra e do Mar: Ler, Pensar e Criar, com Cor e Ritmo
- Apresentação do tema adotado pelo agrupamento “Leituras, Terra & Mar!” com a leitura de um poema sobre o Mar / Oceanos. – EB Teso
- Apresentação do subtema adotado pela escola: “Ler …como vivência de emoções, o exercício da fantasia e da imaginação!” - EB Aldeia
- Decoração dos espaços com pinturas, pensamentos, mensagens relacionadas com a leitura e os livros - EB Aldeia; EB Agro Velho
- Elaboração de pinturas abstratas, recorrendo a técnicas diversas, que retratem sentimentos vivenciados aquando da audição de uma canção que aborde uma das temáticas: árvores,
primavera, planeta Terra… articulação com Inglês - EB Teso
- Decoração do polivalente com Sacos de compras de tecido, embelezados pelas famílias (desafio lançado previamente). Os sacos, que terão por finalidade substituir os sacos plásticos, serão
decorados (pintura, colagem, bordados…); - EB Teso
- Construção de marcadores de livros – EB Barros; EB Fieiro; EB Agro Velho
- Exposição, na Biblioteca, de trabalhos elaborados pelos alunos, na semana anterior, alusivos ao tema Ler é… – EB Fieiro
- Criação de quadros coletivos com desenhos e resenhas dos livros e histórias lidas ou ouvidas da sua preferência. – EB Agro Velho
- Escrita criativa de textos e mensagens relacionadas com os livros e com o ato de ler – EB Agro Velho
- Decoração do hall de entrada e Biblioteca – EB Aver-O-Mar

Programa detalhado:
Mês da Leitura programa (1)

Marta Antunes, professora bibliotecária

Boas Práticas de Segurança Online: sessão sobre Fake News

By | Biblioteca, Destaques | No Comments

No mês de fevereiro, o subdepartamento de Matemática, em articulação com a Biblioteca Escolar, dinamizou um conjunto de sessões informativas e atividades para alunos, no âmbito do Atividade “Boas Práticas de Segurança Online”.

Para terminar este conjunto de atividades, no passado dia 3, os alunos das turmas 8º B, 8ºE e 8º G participaram com muito interesse na sessão alusiva às Fake News, dinamizada pelo Centro de Estudos de comunicação e sociedade Universidade do Minho, mais propriamente pela Drª Christiane Versuti e Dr. Pedro Moura.

Esta temática foi muito bem acolhida pelos alunos que mostraram muito interesse e trocaram as suas opiniões, principalmente no que diz respeito ao sensacionalismo das Fake News.

Mariana Machado

ONDJAKI E AFONSO CRUZ FORAM ENTREVISTADOS POR PEQUENOS JORNALISTAS NA ESCOLA E.B. 2/3 DE AVER-O-MAR

By | Atividades, Biblioteca, Destaques | No Comments
“Todos os anos alguns escritores vão até às escolas do  concelho, no âmbito de uma das iniciativas paralelas do Correntes d’Escritas, o Correntes d’Aprender. O objetivo desta iniciativa é levar o Correntes d’Escritas aos mais novos, num ambiente que lhes é familiar, a escola.

Ondjaki e Afonso Cruz estiveram, esta tarde, na escola E.B 2/3 de Aver-o-Mar, com algumas turmas e foram surpreendidos logo à chegada por um grupo de alunos do Clube de Comunicação da Escola, que como manda o protocolo, os entrevistou, tirou fotografias e fez alguns vídeos.

Posto isto, no final das entrevistas dos mais pequenos, outro grupo de alunos fez uma encenação, onde dois alunos eram os apresentadores e falaram sobre curiosidades da vida de cada escritor, e outros dois alunos eram os escritores e responderam a algumas questões dos apresentadores. Foi desta forma que a apresentação de cada escritor ficou feita e alegria estampada no rosto de Onjaki e de Afonso Cruz fez-se notar.

Posto isto, Afonso Cruz deu início à conversa dizendo “há pouco perguntaram-me como decidi ser escritor e eu não decidi nada, aconteceu”, o escritor contou que nunca tinha pensado em escrever, gostava de desenhar e fazer ilustrações e durante muitos anos essa era a sua profissão. Trabalhou em animação e, a certa altura, resolveu criar um blogue, a partir dessa ideia reuniu uns textos e enviou para uma editora, depois disso nasceu o Afonso Cruz escritor, que até ali nunca tinha pensado nisso.

Afonso Cruz incentivou os mais jovens a lerem, mas principalmente a seguir os seus sonhos, porque dos sonhos nascem histórias e, muitas vezes, dessas histórias nascem escritores. “Com a vossa idade lia muito e eu comparo sempre isso a uma espécie de um copo de água, nem todos os leitores se tornam escritores, mas às vezes acontece e de facto foi o que sucedeu comigo. Nós vamos enchendo um copo de água e às vezes transborda isso aconteceu comigo em relação à leitura”.

Ondjaki tomou a palavra e contou histórias da sua infância e da sua vida enquanto vivei no Brasil, em Portugal e em Angola. A vida deste escritor, que tem as suas raízes bem angolanas bem marcadas tem uma quantidade infindável de histórias.

Com um lado muito animado, Ondjaki perguntou aos alunos se sabiam o que era uma “galheta”, quase todos lhe souberam responder, mas Ondjaki comentou que “em todos os lugares onde eu vou e faço esta questão, ninguém me sabe responder. “galheta” para vocês significa chapada, mas em Angola, onde eu morava o termo para “galheta” era bofetada”. O escritor utilizou este exemplo, para mostrar aos alunos como a mesma palavra podia ter outras formas de se dizer, ou de se escrever e ainda, como a mesma palavra em dois sítios diferentes podia ter significados tão distintos e o bom de escrever, o bom de ser escritor era exatamente poder brincar com as palavras.

Entre muitas brincadeiras e de forma bastante engraçada Ondjaki continuou a contar histórias que agarraram a atenção do público.

No final houve tempo para perguntas e os alunos presentes fizeram imensas perguntas o que deixou os escritores felizes, porque era sinal de que estavam curiosos.

Também no fim, uma professora ofereceu em nome da escola o livro “A várias mãos” que é um projeto do Município da Póvoa de Varzim, onde várias escolas participam e algumas turmas escrevem uma parte do livro, no final junta-se o que cada escola escreveu.

A conversa terminou com a seguinte conclusão de Afonso Cruz “um livro bom permite que a história chegue aos leitores de várias maneiras”, esta conclusão foi partilhada pelos jovens que partilharam um pouco desta tarde com os escritores.”

Veja a fotogaleria.

Fonte:cm-pvarzim.pt

21.02.2019

Correntes D`Escritas em Aver-o-Mar

By | Biblioteca, Destaques | No Comments

No âmbito da iniciativa Correntes D’Escritas, a Escola Básica de Aver-O-Mar recebe a visita de Ondjaki e Afonso Cruz. Cerca de 75 alunos da escola estarão à conversa com estes dois escritores, partilhando afetos e curiosidades sobre a sua obra literária  e não só! 

A organização da sessão é da responsabilidade da Biblioteca Escolar, alunos da turma 8ºA e respetiva professora de Português. 

Programa:
CORRENTES D’ESCRITAS 2019 

Bullying & CyberBullying

By | Atividades, Biblioteca, Destaques | No Comments

Segurança. Bullying. Informação. Cyberbullying. Crime. Supervisão. Pais. Escola. Redes Sociais. Privacidade. Jogos. Denúncia. Imagens. Ciberespaço. Identidade. Computador. Direitos. Hackers. Respeito. Ambientes Virtuais. Cibersegurança. Rede. Ameaças. Educação. Partilha.

Estas e muitas outras informações foram transmitidas na sessão intitulada “Bullying & CyberBullying”, dirigida a pais e encarregados de educação, e que aconteceu no auditório da escola sede no passado dia 1 de fevereiro.

Perante uma plateia atenta, os agentes Remelhe e Ferreira da PSP – Escola Segura – e o técnico da Biblioteca Municipal Rocha Peixoto, Hélder Jesus, procuraram transmitir informações úteis sobre procedimentos de segurança e apoio no que concerne situações de violação de privacidade e agressão, quer física quer online, práticas seguras de navegação e utilização da Internet, supervisão e acompanhamento parental, utilização e manipulação da informação disponibilizada pelo próprio ou não, entre outros conceitos.

Os pais presentes participaram ainda em debate final, colocando questões e dúvidas sobre a temática, bem como apontando alguns caminhos a seguir; com recurso ao seu Smartphone, e experienciando o aplicativo menti.meter, aceitaram o desafio digital de referir as principais ideias desta sessão que foram sendo projetadas, em simultâneo, no ecrã do auditório.

O diálogo contou ainda com a participação do Sr. Vereador da Educação e Cultura – Dr. Luís Diamantino – que enalteceu a iniciativa, apelou à participação ativa dos pais no controlo e supervisão das práticas [digitais] dos seus filhos, enquanto principais mentores da sua formação; reforçou também o papel da escola e da autarquia na formação de utilizadores e cidadãos nesta era digital.

Esta iniciativa, da responsabilidade da professora de TIC do Agrupamento, Biblioteca Escolar e Clube de Saúde e Proteção Civil, é uma das várias iniciativas programadas pela equipa organizadora para o mês de fevereiro para promoção de práticas de Segurança Digital.

Durante todo o mês, os alunos do pré escolar ao 3º ciclo beneficiarão de atividades informativas, prática de jogos didáticos e de programação e realidade aumentada, com o intuito de despertar a sua curiosidade e criatividade mas também de dotá-los de conhecimentos básicos na ótica do utilizador digital consciente e competente.

Concurso Nacional de Leitura – fase municipal

By | Biblioteca, Destaques | No Comments

Decorreu no dia 5 de fevereiro, no Diana Bar, na Póvoa de Varzim, a Fase Municipal da 13ª edição do Concurso Nacional de Leitura.

Após processo eliminatório inicial, o Agrupamento fez-se representar por 2 alunos de cada nível de ensino – os vencedores da 1ª fase – a quem apresentamos um valoroso saúdo pela sua prestação.

Desta prova municipal resultou a eleição de 3 alunos por ciclo para representar o concelho na fase distrital em Braga.

A aluna Ana Francisca Ramos, do 6ºA, da Escola Básica de Aver-O-Mar será uma das representantes concelhias ao nível do 2º ciclo. 

Parabéns Ana! Boa sorte para a fase seguinte!

       Marta Antunes

Coordenadora Biblioteca Escolar

Concurso Nacional de Leitura – 13ª EDIÇÃO 2018/2019

By | Biblioteca, Destaques | No Comments

O Plano Nacional de Leitura, em articulação com a Rede de Bibliotecas Escolares e a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas promove, este ano letivo, a 13ª edição do Concurso Nacional de Leitura, ao qual o Município da Póvoa de Varzim e a Biblioteca Municipal Rocha Peixoto se associam na qualidade de responsáveis pelo momento concelhio da Fase Regional.

Esta Fase, que decorrerá na Biblioteca Diana Bar, no dia 5 de Fevereiro, todo o dia, tem como destinatários os alunos dos Agrupamentos de Escolas e Escolas Não Agrupadas do concelho da Póvoa de Varzim, do 1º, 2º e 3º CEB e Ensino Secundário que ficaram aprovados no 1.º momento “Prova nas Escolas”, momento esse que já teve lugar nas respetivas escolas do concelho da Póvoa de Varzim, estando apurados para a Fase Regional, 38 participantes.

O concurso decorrerá em duas fases, realizando-se a prova escrita e a prova oral na Biblioteca Diana Bar. Nesta fase sairão 3 alunos por cada nível de ensino que irão posteriormente demonstrar os seus conhecimentos na 3ª fase, a distrital.

Os objetivos centrais do Concurso Nacional de Leitura são o de estimular a prática da leitura, como forma de conhecimento e de lazer; o aprofundamento dos hábitos de leitura, bem como o de aferição de competências leitoras das crianças e jovens do concelho poveiro.

As normas de participação da Fase Regional da 13ª edição do Concurso Nacional de Leitura podem ser consultadas. 

Help-Desk