Category

Atividades

Solidariedade: agradecimento de Moçambique

By | Atividades, Destaques | No Comments

A empresa MECWIDE fez chegar registos fotográficos, dando conta da expedição e chegada dos bens arrecadados a Moçambique (Beira), agradecendo novamente à comunidade de Aver-o-Mar a colaboração manifestada para com esta causa.

Internamente, esta iniciativa foi coordenada pela assistente técnica Ricardina Santos.

A todos os que colaboraram MUITO OBRIGADO!

Romeu e Julieta: do ódio ao amor – momentos…

By | Atividades, Destaques | No Comments

Decorreu na noite de 3 de julho, o a representação teatral de Romeu e Julieta, numa encenação do grupo AVERteatro, do Agrupamento de Escolas de Aver-o-Mar, Póvoa de Varzim.

Para além da representação, numa encenação de Andreia Teixeira, a noite foi ainda de homenagem a todos os funcionários e professores que, em dezembro último,  por ocasião do 33º aniversário da abertura de portas da Escola Básica de Aver-o-Mar, assinalaram 33 anos de profissão ou 25 desta escola. Já por essa ocasião haviam sido entregues as distinções aos alunos integrantes do Quadro de Mérito e Excelência Escolar 2017/19.

Parabéns a todos os que participaram na peça teatral e contribuíram para a sua realização, com um agradecimento sentido a todos os distinguidos.

ver registos fotográficos completos (Facebook)

 

 

Jornadas Educativas #Geração Z+

By | Atividades, Destaques | No Comments

Decorrem no próximo dia 9 de julho, no auditório municipal da Póvoa de Varzim,  as Jornadas Educativas  da autarquia poveira, sob o mote #Geração Z+, conforme programa abaixo detalhado.

Programa Jornadas Geracao Z_WEB

Sendo a educação escolar de hoje atravessada por variados desafios, pretende-se que este seminário seja uma oportunidade privilegiada para reunir investigadores, académicos, profissionais da área da educação, alunos e encarregados de educação, para uma troca de experiências, reflexão e debate de ideias sobre novas abordagens de respostas promotoras do sucesso educativo dos alunos e que visam o combate ao insucesso escolar e abandono precoce do sistema educativo.

As inscrições são gratuitas mas obrigatórias, uma vez que estão condicionadas ao número de lugares existentes e podem ser efetuadas até ao próximo dia 7 de julho.

Inscreva-se Aqui.

 

Romeu e Julieta no Cineteatro Garrett – 3 de julho

By | Atividades, Destaques | No Comments

Reserve  na sua agenda o próximo 3 de julho!

Convidá-mo-lo para se associar ao momento cultural, pelas 21.00h, no Cineteatro Garrett, contemplando a apresentação da peça “Romeu e Julieta”, de William Shakespeare, numa adaptação de Andreia Teixeira e com um elenco constituído por alunos, professores e funcionários, a par da homenagem a professores que se jubilaram no ano letivo anterior, bem como da distinção daqueles que têm 25 anos de casa ou 33 de profissão, data simbólica coincidente com o aniversário desta escola.

Será um momento marcante para a comunidade e aberto a toda a população.

A entrada carece de bilhete, que pode ser reservado na escola-sede do Agrupamento (2€).

 

Em Romeu e Julieta o Ódio e o Amor são a força vital da peça. Tudo o que acontece é movido por um destes sentimentos.

 Estes jovens receberam as formas de viver o ódio como herança das famílias Capuleto e Montéquio. Uns querem erradicar os outros da sociedade de Verona. 

 De história cruzada em história cruzada, juntam-se as peças do trágico  puzzle que a todos conduziu do Ódio ao Amor… e que conduziu Romeu à varanda de Julieta…

 Shakespeare frequentemente coloca-os lado a lado, no final, é o amor de Romeu e Julieta, que tudo supera e a todos salva…  

 

Elenco: Folha de Sala

Projeto Etwinning “Amazing Croatia

By | Atividades, Destaques, ERASMUS | No Comments
 Durante o ano letivo 2018/19 a turma 8ºA  desenvolveu um projeto Etwinning intitulado “Amazing Croatia” com alunos da Elementary School Vladimir Nazor em Pisarovina, Croácia.
O objetivo do projeto era ampliar o conhecimento geográfico e cultural dos alunos sobre um país europeu, neste caso a Croácia; despertar para a necessidade de preservar a herança cultural; mobilizar competências TIC para dinamizar as atividades; usar a língua inglesa como principal veículo de comunicação.
Assim, desafios escondidos em códigos QR, foram enviados mensalmente aos alunos portugueses, que os leram e descodificaram para realizar cada tarefa. A fim de testar os seus conhecimentos, os alunos croatas desenvolveram jogos digitais que os colegas portugueses jogaram na disicplina de inglês.
As tarefas foram todas concretizadas na Biblioteca Escolar – promotora e parceira do projeto – bem como a video conferência de encerramento, e ainda na disciplina de Ingês sob a coordenação das respetivas professoras.
Todas as evidências deste projeto estão alojadas na respetiva plataforma Etwinning, nomeadamente no espaço Twinspace a que cada aluno tem acesso individual.
Os alunos manifestaram entusiasmo e empenho na realização deste projeto e é esperado que lhe seja dada continuação no próximo ano letivo.
Eis uma foto do produto final do projeto, também exposto na BE para conhecimento da comunidade local.

       Marta Antunes

Coordenadora Biblioteca Escolar
Agrupamento Escolas Aver-O-Mar

Inclusão para Todos!

By | Atividades, Destaques, ERASMUS | No Comments

No momento em que a Escola portuguesa continua a investir em importantes mudanças no sistema educativo, de forma a conseguir uma verdadeira  inclusão para todos os alunos, professores da Escola Básica de Aver-O-Mar participam no 3º encontro transnacional do projeto Erasmus+ i.d.e.a. -Together We Can, em Montorio Romano, Itália, com o objetivo de observar e participar em sessões práticas de trabalho sobre o sistema inclusivo italiano.

De 27 a 31 de maio, e de acordo com um programa de trabalho exaustivo, os professores puderam refletir sobre a evolução do sistema educativo italiano, muito semelhante ao português, perceber a importância das emoções e dos valores de cidadania associados ao conceito de inclusão.

Das várias experiências destaca -se a sessão “Meeting the emotions – The inclusive education in Italy and the psychological variables in the good practices”, por Maria Teodolinda Saturno, professora universitária em Roma e especialista em educação inclusiva de crianças surdas e com dificuldades de aprendizagem; a visita ao Instituto e Escola Estatal para Surdos de Roma, com explicação detalhada das suas práticas de inclusão e inovação pedagógica na área – uma escola inclusiva que “convida” os alunos regulares a estudarem com alunos com deficiência auditiva; a grande envolvência de toda uma comunidade educativa, num projeto comum e único de construir uma escola aberta a todos e para todos; um exemplo onde foi necessário trabalhar no sentido das reformas serem para a verdadeira inclusão. Sendo uma escola só para surdos, criaram-se  turmas mistas com alunos ouvintes e surdos onde  todos comunicam com recurso à linguagem gestual e as aprendizagens são desenvolvidas em moldes muito semelhantes! Mas a inclusão não se limita ao ensino básico e secundário, uma vez que já há boas práticas de inclusão no ensino superior, como tivemos oportunidade de ouvir no diálogo informal com a Reitora da Universidade Roma 3.

A zona de periferia rural, onde se situa o Agrupamento de Escolas de Montorio Romano, parceiro deste projeto, a distância relativa a que cada uma das quatros escolas se encontrava e as limitações que daí advêm,  não impediram a visibilidade de um projeto comum, com um trabalho programado no sentido de serem criadas as mesmas oportunidades para todos os alunos, onde os «casos» se diluíram e deixaram de ser focos de atenção.
Mas na Itália, tal como no nosso País, tudo se  foi construindo e adaptando às necessidades e à realidade do século XXI. Em comparação com o nosso sistema educativo de inclusão, foi possível encontrar  semelhanças tanto legislativas como nas  práticas quotidianas de intervenção em sala de aula.
As escolas italianas têm todos os alunos na turmas  apostando na inclusão, mesmo para os casos das deficiências específicas.

Este 3º encontro concorreu, mais uma vez, para uma aprendizagem in loco, mas também para a reflexão, divulgação e aplicação de práticas que, certamente, virão a encurtar o caminho, que a Escola  de Aver-o-Mar faz, no sentido de a tornar cada vez mais inclusiva!

       Marta Antunes

Coordenadora Biblioteca Escolar
Agrupamento Escolas Aver-O-Mar

Rapaz de bronze – convite

By | Atividades | No Comments

Convida-se toda a comunidade escolar para assistir, no dia 12, pelas 21.00h, no auditório da EB da Aver-o-Mar, à representação teatral de “O rapaz de bronze”, pelos alunos do 2º ano, turma A, da EB de Fieiro, Aguçadoura, numa adaptação de Andreia Teixeira da obra de Sophia de Mello Breyner.

Dia de Aulas ao Ar Livre 2019

By | Atividades, Destaques | One Comment

“O Dia de Aulas ao Ar Livre consiste numa campanha mundial que visa celebrar e inspirar a aprendizagem e as brincadeiras ao ar livre”. Foi desta forma que, no passado dia 23 de maio, o Jardim-de-Infância e a Escola Básica de Barros se juntaram a esta iniciativa, proporcionando momentos de pura diversão e descontração a todos, sem exceção.

Da parte da manhã, desde as crianças do Jardim de Infância aos alunos do 4.º ano, acompanhados pelas docentes e assistentes operacionais, todos foram envolvidos em variadas atividades. A primeira parte contou com a identificação, recolha e execução de texturas diversificadas, como exercício de exploração prática, presentes no espaço exterior envolvente ao edifício escolar, num suporte de papel cavalinho e diversos materiais riscadores. Esta atividade permitiu tomar consciência das diferentes texturas naturais e artificias constantes no mundo que os rodeia. As crianças, os alunos e as docentes realizaram uma cortina com as composições obtidas, onde pintaram as palavras “Dia de Aulas ao Ar Livre”, que permaneceu exposta até ao dia seguinte. Seguiu-se o lanche partilhado com os envolventes, num clima animado e de descontração.

Na segunda parte da manhã, os alunos procederam à pintura de uma flor no chão do recreio, através da utilização de giz. Esta atividade permitiu-lhes pintar livremente, fomentando a criatividade e a imaginação e promovendo o contacto com os colegas e a aprendizagem experimental.

Melhor do que uma manhã diferente, foi verificar que as crianças e os alunos se mostraram felizes e que aproveitaram ao máximo esta atividade pedagógica inovadora, resultante de um modelo de ensino informal, com vantagens para o seu desenvolvimento cognitivo e físico.

PTT Lara Faria

Alunos da Escola Básica de Refojos vencem 1º prémio no concurso de Histórias Kamishibai!

By | Atividades, Destaques | No Comments

No seguimento de desafio interno lançado pela Biblioteca Escolar do Agrupamento, aos alunos e professores de todos os níveis de ensino, e posteriormente articulado com o 1º Concurso nacional Kamishibai plurilingue, organizado pelo Laboratório Aberto para a Aprendizagem de Línguas Estrangeiras (LALE), do Centro de Investigação em Didática e Tecnologia na Formação de Formadores (CIDTFF) da Universidade de Aveiro, parceiro da rede Internacional Kamilala (kamilala.org), os alunos das turmas RF4A e 6ºE elaboraram Histórias Kamishibai, sendo a turma RF4A galardoada com o 1º prémio na Categoria B (6-10 anos) com a história intitulada “A língua da nossa escola”.

Este concurso tem como objetivo incentivar os atores educativos a desenvolver projetos abertos à diversidade linguística e cultural por meio da criação de pranchas de um Kamishibai (palavra japonesa para, literalmente, “teatro de papel”) plurilingue.

Kamishibai é uma forma tradicional de contar histórias no Japão. Durante séculos e séculos era assim que se ouviam e se contavam histórias. O teatro de madeira e as histórias em folhas em formato grande ajudam a alcançar um efeito mágico em torno da narração da história. Uma bela maneira de ensinar aos mais novos outras formas de contar as suas histórias!

O Kamishibaï plurilingue permite desenvolver na criança/alunos estratégias de aprendizagem, capacidades de escuta, observação, comparação e reflexão sobre as línguas e de cooperação no trabalho de redação e ilustração de histórias plurilingues. O kamishibai também permite trabalhar e lutar contra as discriminações e promover a convivência, valorizando as línguas que são tratadas em pé de igualdade.

Este projeto está em consonância com os objetivos do Ministério da Educação/ Direção-Geral da Educação (DGE) que preconiza desde o pré-escolar a sensibilização para as línguas e que indica que “o respeito pelas línguas e culturas das crianças é uma forma de educação intercultural, levando a que as crianças se sintam valorizadas e interajam com segurança com os outros,(…)”.

A fim de divulgar o trabalho premiado, e o da turma 6ºE, também participante no concurso nacional Kamishibai, apresentamos abaixo links para os ebooks construídos a partir das pranchas das suas respetivas histórias.

De referir ainda que a construção destas histórias resultou de um trabalho colaborativo e articulado entre professores de diferentes áreas como o português, as artes e as professoras bibliotecárias, mobilizaram-se saberes diversos, por exemplo, a língua árabe, uzbeque, japonesa, inglesa, italiana…, transcrição fonética, recursos estilísticos, entre outros.

As turmas envolvidas apresentarão as suas Histórias Kamishibai à comunidade das suas escolas, estando já a praticar afincadamente para essa encenação “pública”.

A cerimónia de entrega de prémios irá realizar-se na Universidade de Aveiro no dia 7 de junho de 2019, com início às 14h.

 A todos os nossos concorrentes e respetivos professores PARABÉNS!!!

 

Ebooks:

http://online.fliphtml5.com/snmde/dbqz/

http://online.fliphtml5.com/snmde/gbua/

Para mais informações consultar:

Concurso Kamishibai – informações

DIA DA EUROPA 2019

By | Atividades, Biblioteca, Destaques | No Comments

Durante a semana de 6 a 10 de maio comemorou-se o Dia da Europa no Agrupamento de Escolas Aver-o-Mar.

Durante esta semana aconteceram várias atividades tais como exposição de trabalhos dos alunos – cartazes, apresentações digitais, trabalhos 3D – relacionados com a cultura, geografia, religião, personalidades dos países europeus; visualização de documentários; um workshop de arte ao jeito de Bartosz Fraczek, artista plástico polaco; uma palestra subordinada ao tema “A Europa presente e futuro” pelo diretor da Biblioteca Municipal, Dr. Manuel Costa; storytelling de lendas da Europa por alunos e para alunos de 5º e 6º anos; prova de pratos tradicionais de alguns países europeus.

As dinâmicas resultaram de um trabalho articulado de uma equipa alargada de professores, a saber, grupos de Geografia, História, EMRC, titulares de 1º ciclo da EB de Teso e Agro Velho e titular de educação pré-escolar de Aldeia, bem como da biblioteca escolar e grupo de trabalho do projeto Erasmus+ i.d.e.a.! Together We Can!.

A semana revelou-se muito enriquecedora, os alunos visitaram as exposições com interesse e curiosidade, mostrando-se agradados por verem os seus trabalhos expostos e por terem a oportunidade de aprender sobre outras realidades, aproximando-se assim culturas e pessoas geograficamente distantes mas institucionalmente unas.

Video da iniciativa:

Help-Desk