ORÇAMENTO PARTICIPATIVO DAS ESCOLAS 2020

Pelo quarto ano consecutivo, os estudantes do 3.º ciclo do ensino básico e do ensino secundário vão poder decidir o que querem melhorar na sua escola. Para isso, precisam de ter uma ideia, reunir apoio de outros estudantes e, claro, conseguirem os seus votos! Trata-se de um processo democrático que acontece em cada escola, com várias etapas. A melhor proposta será votada no dia 24 de março, dia do Estudante.

PROCEDIMENTOS

❶ – Definição da coordenação e divulgação pública dos procedimentos e prazos para a apresentação de propostas – Coordenador local: Professora Isabel Pessoaaté ao final do mês de janeiro.

❷ – Desenvolvimento e apresentação de propostas – entregar ao Diretor de turma ou à Coordenadora local – até ao dia 28 do mês de fevereiro

As propostas são elaboradas por estudantes do 3.º ciclo do ensino básico ou do ensino secundário que identifiquem claramente uma melhoria pretendida na escola, através da aquisição de bens e/ou serviços que sejam necessários ou convenientes para a beneficiação do espaço escolar e/ou destinados a melhorar os processos de ensino-aprendizagem e do qual possa beneficiar ou vir a beneficiar toda a comunidade escolar.

❸ – Divulgação e debate das propostasde 11 a 21 de março

❹ – Votação das propostasno dia 24 de março

❺ – Apresentação dos resultadosaté 31 de março

❻ – Financiamento: 1€ por cada aluno do 3.º ciclo do ensino básico e/ou do ensino secundário que frequente o referido estabelecimento de ensino. As escolas com menos de 500 alunos têm o valor mínimo de 500 euros.

Processo

É obrigatório o preenchimento do modelo apresentado na página do agrupamento.

Cada proposta de orçamento participativo deve:

  1. a) Ser subscrita, individualmente, por um estudante proponente, ou em grupo, por um máximo de 5 estudantes proponentes;
  2. b) Ser apoiada por, pelo menos, 5% dos estudantes do 3.º ciclo do ensino básico e/ou do ensino secundário, que frequentem a escola em causa, sendo claramente identificados pelo seu nome, número de estudante e assinatura.
  3. c) As propostas são contidas num texto até 1000 palavras, com ou sem imagem ilustrativa, e devem referir expressamente a sua compatibilidade com outras medidas em curso na escola e a sua exequibilidade com a dotação local atribuída ao orçamento participativo.
  4. d) Na primeira semana de março, será marcada uma reunião entre a coordenação local da medida e os proponentes das várias propostas, no sentido de clarificar e ajustar as propostas aos recursos providenciados por esta medida, sendo possível, nesta fase, o aperfeiçoamento, a fusão ou a desistência de propostas.

Consulta os documentos de suporte que se encontram na página do agrupamento e no site  www.opescolas.pt

Fala com o teu Diretor de Turma ou com a Coordenadora local da medida.

PARTICIPA E APRESENTA UMA PROPOSTA!!!

 

Ficha para apresentação de uma proposta: Ficha de candidatura

Carlos Gomes de Sá

Author Carlos Gomes de Sá

More posts by Carlos Gomes de Sá

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Help-Desk